9 homens são admitidos como candidatos ao diaconato permanente na Arquidiocese

Na manhã do sábado, 11, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano, presidiu na Capela São José, na Cúria da Região Episcopal Santana, a celebração de admissão de nove candidatos ao Diaconato Permanente.

9 homens são admitidos como candidatos ao diaconato permanente na Arquidiocese, Jornal O São Paulo
Foto: Arquivo pessoal

ITINERÁRIO FORMATIVO

Alessandro de Oliveira Pedro, Augusto Henrique Maciel, Glauco Gardeano, Nelson Marques, Paulo Roberto dos Santos Ferreira, Reginaldo Cesar Rodrigues, Ronaldo Contin Della Nina, Wagner Gomes Coelho e Wladimir Cardoso dos Santos são membros ativos nas comunidades paroquiais das quais participam nas regiões episcopais da Arquidiocese.

Para ingressar na Escola Diaconal São José, mantida pela Arquidiocese de São Paulo, os candidatos ao diaconato permanente devem ter ao menos 35 anos de idade. Já para ser ordenado, a idade mínima é de 40 anos e a máxima de 65, com ao menos dez anos de vida matrimonial.

A partir de agora, eles realizarão o Curso Propedêutico, aos sábados pela manhã, em média duas vezes ao mês, durante cinco anos ou durante o tempo em que o candidato cursar Teologia na PUC-SP ou três anos na Escola Diaconal, caso tenha curso de Teologia válido concluído.

Todos devem ainda realizar um mais um de vivência pastoral antes de receber a ordenação diaconal, o primeiro grau do sacramento da Ordem.

9 homens são admitidos como candidatos ao diaconato permanente na Arquidiocese, Jornal O São Paulo
Foto: Marcos Rubens

Deixe um comentário