‘A misericórdia de Deus que se manifestou de maneira suprema na cruz também foi estendida a nós’

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, presidiu a missa do 2º Domingo da Páscoa, no dia 24, na Catedral da Sé. Nessa ocasião, também é comemorada a Festa da Divina Misericórdia.

Foto: Luciney Martins/O SÃO PAULO

Na homilia, Dom Odilo ressaltou que, ao aparecer aos apóstolos fechados no cenáculo, Jesus Ressuscitado transmitiu-lhes a paz, o perdão, a reconciliação e a superação do sofrimento. “Jesus concede aos apóstolos o dom do Espírito Santo para que também transmitam a paz, reconciliem as pessoas, deem-lhe o perdão”, completou.  

“A misericórdia de Deus que se manifestou de maneira suprema na cruz também foi estendida a nós […] Hoje, Domingo da Misericórdia, lembramos que todos nós fomos agraciados com a misericórdia de Deus. Somos convidados a ser misericordiosos, a abrir o nosso coração às necessidades dos próximos e a todos socorrer com bondade”, enfatizou o Cardeal  

Por fim, o Arcebispo chamou a atenção para a oração litúrgica do dia, que diz: “Ó Deus de eterna misericórdia, que reacendeis a fé do vosso povo na renovação da festa pascal, aumentai a graça que nos destes. E fazei que compreendamos melhor o batismo que nos lavou, o Espírito que nos deu nova vida, e o sangue que nos redimiu”.  

Deixe um comentário