Chega ao Brasil 1o lote de vacinas contra a COVID-19 para crianças

Ministério da Saúde afirma que até o fim do mês receberá 4,3 milhões destinadas ao público infantil. Prefeitura de São Paulo afirma que iniciará a vacinação de crianças com 11 anos de idade na segunda-feira, 17

Foto: Divulgação Pfizer

Uma remessa de 1,2 milhão de doses do imunizante da Pfizer para a imunização de crianças de 5 a 11 anos chegou ao Brasil na madrugada da quinta-feira, 13, no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).

O lote será distribuído a estados e municípios para iniciar a aplicação. A previsão é que o Brasil receba em janeiro um total de 4,3 milhões de doses da vacina. A remessa é a primeira de três que serão enviadas ao País.

Segundo o Ministério da Saúde, durante o primeiro trimestre devem chegar ao Brasil quase 20 milhões de doses pediátricas, destinadas ao público-alvo de 20,5 milhões de crianças. Em fevereiro, a previsão é que sejam entregues mais 7,2 milhões, e em março, 8,4 milhões.

Na semana passada, o ministério anunciou a inclusão dos imunizantes pediátricos no plano de operacionalização do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Segundo a pasta, a criança deve ir aos postos de vacinação acompanhada dos pais ou responsáveis ou levar uma autorização por escrito. O esquema vacinal será de duas doses, com intervalo de oito semanas entre as aplicações.

EM SÃO PAULO

Dessa primeira remessa de 1,2 milhão de doses, 20,73% serão destinadas ao estado de São Paulo. A recomendação é que a vacinação infantil seja iniciada em crianças com comorbidades, indígenas e quilombolas e, depois, seguirá um escalonamento decrescente de idade, ou seja, primeiro serão vacinadas as de 11 anos, depois as de 10 e assim sucessivamente até que se chegue às de 5 anos.

Pais e responsáveis de crianças entre 5 a 11 anos em São Paulo já podem fazer o pré-cadastro no site Vacina Já: https://www.vacinaja.sp.gov.br. O governo paulista afirma que assim que receber as doses já as distribuirá e iniciará o processo de imunização das crianças, o que pode ocorrer, portanto, já na sexta-feira ou na segunda-feira da próxima semana.

Ainda na quinra-feira, o prefeito Ricardo Nunes disse em entrevista que a vacinação de crianças na capital paulista deve ser iniciada na segunda-feira, 17. Embora não tenha sido informado ainda quantas doses o munício receberá, Nunes acredita que será suficiente para a vacinação de todas as crianças com 11 anos de idade, uma população estimada em 168 mil pessoas na cidade.

De acordo com o prefeito, a vacinação na capital paulista seguirá apenas o critério de faixa etária, de modo que não serão priorizadas as crianças com comorbidades, indígenas e quilombolas, as quais serão vacinadas quando as vacinas para sua faixa de idade forem disponibilizadas, como acontecerá para as demais crianças.

Fontes: Agência Brasil, Governo do Estado de São Paulo e G1

*notícia atualizada às 15h para a acréscimo de informações

Deixe um comentário