Cuba: escassez de farinha de trigo impede celebração de missas no país

Cuba: escassez de farinha de trigo impede celebração de missas no país, Jornal O São Paulo
Diego Zamudio/Cathopic

A crise econômica em Cuba continua atingindo a população, desta vez afetando os católicos, uma vez que a falta de farinha de trigo impediu que as hóstias fossem feitas, deixando os fiéis sem a possibilidade de celebrar a Santa Eucaristia. 

A escassez de produtos básicos, desde alimentos a combustíveis e medicamentos, é um dos aspectos mais relevantes e problemáticos da crise generalizada em Cuba. Com a pandemia da COVID-19 e a guerra da Rússia na Ucrânia, o preço de uma tonelada de trigo subiu muito. No final de outubro, autoridades cubanas qualificaram a situação de abastecimento de farinha no mercado nacional como crítica, devido à falta de financiamento para a compra desse cereal. Essa situação levou as autoridades a buscarem soluções para substituir o produto, como o uso da farinha de mandioca para a produção de pães e pizzas. 

No entanto, de acordo com a Instrução Redemptionis sacramentum, da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, a hóstia só pode ser feita com trigo. 

“O pão que se utiliza no Santo Sacrifício da Eucaristia deve ser ázimo, só unicamente de trigo, feito recentemente, para que não haja nenhum perigo de que se estrague por ultrapassar o prazo de validade. Por conseguinte, não pode constituir a matéria válida, para a realização do Sacrifício e do Sacramento Eucarístico, o pão elabora- do com outras substâncias, embora sejam cereais, nem mesmo que leva a mistura de uma substância diversa do trigo, em tal quantidade que, de acordo com a valorização comum, não se pode chamar pão de trigo.” 

Fonte: Gaudium Press

Deixe um comentário