‘De Alfa a Ômega’, um caminho para o aprofundamento da fé

Curso oferecido na Catedral da Sé e na Paróquia Santíssimo Sacramento aborda aspectos do Cristianismo e busca ajudar que cada pessoa encontre a Cristo

‘De Alfa a Ômega’, um caminho para o aprofundamento da fé, Jornal O São Paulo
Participantes do curso na Paróquia Santíssimo Sacramento, na Região Sé (Arquivo pessoal)

 “Quem é Jesus?”; “A fé cristã ainda é válida nos dias de hoje?”; “No que a fé cristã pode me ajudar a viver?” Não é incomum que estas e outras inquietações permeiem a mente de católicos praticantes ou distantes da Igreja e até mesmo daqueles que não professam a fé no Cristo.

Com a proposta de anunciar Jesus Cristo e permitir que as pessoas encontrem respostas para estas e outras perguntas, desde 2015 acontece o curso “De Alfa a Ômega – A caminho da alegria”, com turmas aos sábados, das 9h às 11h, na Catedral da Sé, e às quartas-feiras, das 19h30 às 21h40, na Paróquia Santíssimo Sacramento, na Região Episcopal Sé.

Coordenador do curso e um dos idealizadores da iniciativa, Dalton Rothen – empresário, formado em Psicologia e Análise de Sistemas e autor do livro “Para uma vida melhor” – contou ao O SÃO PAULO que este ciclo de estudos foi pensado a partir de uma experiência que já existe na Igreja Anglicana, mas com conteúdos próprios à Igreja Católica, e que o nome é inspirado em um versículo bíblico.

“O nome vem do livro do Apocalipse 22,13: ‘Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro’. Jesus é o princípio e o fim e quem percorre o caminho com Ele, o caminho da alegria, vai encontrar vida em abundância”, comentou Rothen, que desde 1992 participa de comunidades católicas evangelizadoras, fazendo parte atualmente da Comunidade Verbo de Deus. Ele também é um dos participantes da assembleia sinodal arquidiocesana e tem proposto, como uma das iniciativas pastorais e evangelizadoras, a constituição de comunidades evangelizadoras na Arquidiocese.

METODOLOGIA

O curso é estruturado em 11 palestras com temas relativos à fé cristã. Após a fala de um palestrante, os participantes continuam em pequenos grupos a reflexão da temática tratada, para que, em conjunto, procurem respostas às dúvidas e inquietações. Ao final do ciclo de estudos, é realizado um retiro de um dia.

Para participar não é preciso ter conhecimentos específicos sobre a fé cristã. O curso é destinado tanto para quem já tenha atuação pastoral na Igreja quanto para os católicos afastados da vida comunitária ou que estão em dificuldade com a própria fé. Não há uma idade mínima, mas se sugere que o participante tenha, ao menos, 15 anos de idade.

“O curso tem uma linguagem acessível, há debates em grupo, se permite que todos exponham suas próprias dúvidas, certezas e incertezas. Portanto, a única precondição é a de que a pessoa tenha o desejo de participar”, explicou Rothen.

RECONHECER A CRISTO E ENCONTRÁ-LO

‘De Alfa a Ômega’, um caminho para o aprofundamento da fé, Jornal O São Paulo
Uma das palestras do curso na Catedral da Sé (foto: Arquivo pessoal)

O primeiro aspecto tratado no curso é o sentido da vida: “Mostramos que o único sentido sustentável para a vida é por meio de Jesus, o Caminho, a Verdade e a Vida. Partimos de quem é Jesus, anunciando-o como figura histórica. Depois, são apresentados os vários argumentos que levam racionalmente à identificação de Jesus como sendo o Filho de Deus, e se destaca que a fé só se completa com a ação do Espírito Santo. Demonstramos, assim, que há razões para crermos em Jesus racionalmente, mas que a fé propriamente dita é uma graça de Deus”.

Rothen recordou que, ao longo de seu pontificado, o Papa Bento XVI sempre afirmou que o Cristianismo fundamentalmente se baseia na amizade de cada pessoa com Cristo. “Quando a pessoa aceita Jesus em sua vida, como Senhor, como Salvador, ela se transforma, porque encontra sentido para sua vida, muda tanto racional quanto emocionalmente, e descobre a vida em abundância”, comentou.

Na encíclica Deus caritas est, publicada em 2005, o Papa Bento XVI afirma que “no início do ser cristão não há uma decisão ética, ou uma grande ideia, mas o encontro com um acontecimento, com uma Pessoa, que dá à vida um novo horizonte e, desta forma, o rumo decisivo” (no 1). Em outras ocasiões, o Pontífice também falou sobre a alegria da fé, que deve ser compreendida não como algo separado da vida concreta. “A fé num Deus que é amor e que se fez próximo do homem, encarnando e doando-se a si mesmo na cruz para nos salvar e reabrir as portas do Céu, indica de modo luminoso que a plenitude do homem consiste unicamente no amor”, disse o Papa, na audiência geral de 17 de outubro de 2012.

Dalton Rothen enfatiza que o grande propósito do curso é proporcionar que cada participante trilhe o caminho para o encontro pessoal com Jesus. “Uma coisa é eu lhe dizer ‘Deus te ama’, outra bem diferente é a pessoa experimentar esse amor de Deus, isso a levará à transformação. Portanto, o que damos são as bases para que cada um chegue diante de Deus, mas é o Espírito Santo que testemunha no coração da pessoa que Deus a ama. É uma experiência mística muito significativa e transformadora”, comentou.

INGRESSO NAS TURMAS

A atual turma na Catedral da Sé realizou até o dia 10 de setembro cinco das 11 sessões do círculo de estudos. Já a turma da Paróquia Santíssimo Sacramento foi iniciada no dia 7 deste mês. Quem queira participar em uma delas ainda pode se inscrever.

“Toda a palestra tem um tema, tratado do começo ao fim. Se alguém quiser participar, sempre estaremos abertos a qualquer momento, mas o ideal é que a pessoa percorra o caminho, desde o início”, explicou o coordenador do curso.  

Curso ‘De Alfa a Ômega – A caminho da alegria’
Gratuito
Na Catedral da Sé, aos sábados, das 9h às 11h
Na Paróquia Santíssimo Sacramento (Rua Tutóia, 1125, Paraíso), às quartas-feiras, das 19h30 às 21h40
Informações e inscrições pelo WhatsApp (11) 98609-0118.

Deixe um comentário