Dom Odilo preside celebração do Domingo de Ramos no extremo da zona Leste

Arcebispo Metropolitano esteve na Área Pastoral Nossa Senhora das Flores, no Jardim Santo André

Dom Odilo preside celebração do Domingo de Ramos no extremo da zona Leste
Créditos: Rômulo Neto

No domingo, 10, o Cardeal Odilo Pedro Scherer presidiu missa na Comunidade Nossa Senhora das Flores, no Jardim Santo André, extremo da zona Leste da capital paulista. Durante a celebração, houve também a apresentação do Padre Romanus Hami, SVD, Vigário Paroquial da Paróquia Santo André Apóstolo, que passa a ter funções nesta Área Pastoral. 

Também foram concelebrantes o Cônego José Miguel, Vigário Episcopal para a Região Belém, e padres do Setor Conquista e da Congregação Missionária do Verbo Divino (SVD). 

Na homilia, o Cardeal explicou detalhes sobre a Paixão, proclamada no trecho do Evangelho do Domingo de Ramos, e ressaltou os personagens ali apresentados. “Os personagens nos interpelam a nós. E nos perguntamos: qual o meu lugar? Com que personagem me identifico?”, afirmou. O Purpurado também fez com que os fiéis refletissem sobre o que fariam se estivessem lá e qual sua posição diante da Paixão de Jesus. Dom Odilo também exortou-lhes a tomarem uma posição diante do Evangelho e ressaltou: “Jesus veio ao encontro de todos nós, em nome de Deus Pai.” 

O Arcebispo também fez uma analogia entre a condenação de Jesus e o tema das fake news e afirmou: “Jesus foi condenado por fake news” e relembrou as acusações que os mestres da Lei e as pessoas inventaram contra Ele, diante das autoridades. “Fake news podem matar, e se não matam, podem acabar com a moral da pessoa”, concluiu, exortando os fiéis a serem verdadeiros em todas as situações, com todas as pessoas. 

Ao término da celebração, Dom Odilo agradeceu à comunidade e lhe dirigiu palavras de encorajamento para que continue a sua missão evangelizadora: “Deus ama vocês, tenham certeza! Como sinal disso, surgem as comunidades. Vocês são testemunhas de Deus, com sua ação, sua presença, sua oração, sua caridade, suas iniciativas, suas capelas. Sejam cristãos alegres e fervorosos, que manifestam e transmitem a sua fé“. 

(Texto: Fernando Arthur, com a colaboração de Nathan de Almeida)

Deixe um comentário