O Papa: rezemos para que a Igreja viva cada vez mais a sinodalidade

Santo Padre chama a atenção para o caminho sinodal que começou em 2021 e terminará em 2023. "O sínodo não é uma pesquisa; trata-se de ouvir o protagonista, que é o Espírito Santo, trata-se de oração. Sem oração, não haverá Sínodo", ressalta Francisco na mensagem de vídeo divulgada nesta segunda-feira.

O Papa: rezemos para que a Igreja viva cada vez mais a sinodalidade, Jornal O São Paulo
Divulgação

Foi divulgada, nesta segunda-feira (03/10), a mensagem de vídeo do Papa Francisco com a intenção de oração para o mês de outubro, intitulada "Por uma Igreja aberta a todos".

O Santo Padre chama a atenção para o caminho sinodal que começou em 2021 e terminará em 2023. Após a etapa inicial em que as Igrejas particulares, as Conferências Episcopais e outras realidades eclesiais refletiram sobre o Documento Preparatório, é inaugurada a etapa continental, cuja ênfase é a escuta, o discernimento e o diálogo no âmbito regional, com base nas contribuições feitas pelas Igrejas particulares.

"O que significa "fazer um sínodo"? Significa caminhar juntos: sí-no-do. Em grego é isto: "caminhar juntos" e caminhar na mesma direção. E isso é o que Deus espera da Igreja do terceiro milênio. Que recupere a consciência de que é um povo em caminhada e que deve fazer isso unido. Uma Igreja com este estilo sinodal é uma Igreja de escuta, que sabe que escutar é mais do que ouvir", ressalta o Papa na videomensagem.

Trata-se de nos escutarmos uns aos outros na nossa diversidade e de abrir as portas aos que estão fora da Igreja. Não se trata de recolher opiniões, nem de fazer um parlamento. O sínodo não é uma pesquisa; trata-se de ouvir o protagonista, que é o Espírito Santo, trata-se de oração. Sem oração, não haverá Sínodo.

Francisco convida a aproveitar "esta oportunidade para sermos uma Igreja de proximidade, que é o estilo de Deus, a proximidade. E agradeçamos a todo o povo de Deus que, com sua escuta atenta, está percorrendo um caminho sinodal".

Rezemos para que a Igreja, fiel ao Evangelho e corajosa no seu anúncio, viva cada vez mais a sinodalidade e seja um lugar de solidariedade, fraternidade e acolhimento.

É neste espírito que o Sínodo 2021-2023 sobre o tema "Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão", começou há um ano, e este mês marca o início de sua segunda etapa. É um processo constante de escuta e discernimento em todo o mundo.

Fonte: Vatican News

Deixe um comentário