Que maravilha!

A festa do Natal mexe um pouco com todos, mesmo com quem não é cristão, ou não crê em Deus. Por alguns dias, parece que o mundo consegue viver em paz. Desejos de feliz Natal são distribuídos à vontade por todas as mídias e até pelo tradicional cartão de Natal, sorrisos, abraços, talvez também presentes.

Há algo no ar que desperta sentimentos e atitudes boas nas pessoas. Simbolismos, músicas e alusões ao Natal por toda parte, cantos e preces ajudam a criar a atmosfera natalina e convidam a procurar no coração os motivos para a festa. Os cristãos estão muito felizes e compartilham com os outros a sua alegria. Tantas ações solidárias são realizadas neste tempo, para deixar um pouco mais felizes os pobres, enfermos, desvalidos e pessoas idosas. As crianças são as que mais conseguem se alegrar e vivem uma emoção que ainda não sabem explicar.

Por que o fazemos? Por que espalhamos alegria e bons votos nesta festa? Devemos dizê-lo sem medo nem respeito humano: é porque Jesus nasceu. Ele é o Filho de Deus, que se fez humano como nós, nascendo da Virgem Maria. Ele veio para estar no meio de nós. O amor infinito de Deus fez essa maravilha, que deixou boquiabertos os anjos e os homens, admirados, a proclamar os louvores do Altíssimo. 

Deus, humano como nós, sem deixar de ser Deus? Quem teria imaginado? Fez-se pequenina criança para que ninguém tivesse medo de se aproximar dele. Pobre, para nos enriquecer com o esplendor de sua divindade. Fez-se próximo, para que o possam alcançar todos os que têm vontade de ver Deus Rosto humano de Deus e rosto divino do homem, ele revelou a suprema vocação de toda pessoa e abriu os braços para nos acolher junto do seu coração. Que maravilha!

Neste Natal, deixe-se extasiar diante do mistério tão divinamente humano e tão humanamente divino! Desarme o seu coração de preconceitos, ressentimentos e amarguras. Não se deixe ficar indiferente diante de tanto amor, de tão imensa ternura que se manifesta na simplicidade de Deus que se fez criança. Ele o fez por mim, por ti, por todos nós!

Acolhamos o Deus que vem ao nosso encontro de forma tão surpreendente! Hoje, ele quer ser acolhido na pessoa de cada irmão, de toda pessoa que necessita de atenção e acolhida. Vamos partilhar nossa alegria neste Natal com quem mais precisa de uma boa notícia. E esta é uma boa notícia: Deus tanto nos amou, que enviou do céu seu Filho unigênito, para que tenhamos a vida por meio dele. Feliz e abençoado Natal a todos!

Deixe um comentário