‘Rezemos para que as Igrejas superem os motivos das divergências’

O Arcebispo de São Paulo ressaltou a importância da unidade cristã, e pediu aos católicos que evitem divisões na Igreja

‘Rezemos para que as Igrejas superem os motivos das divergências’, Jornal O São Paulo
Luciney Martins /O SÃO PAULO

O Cardeal Odilo Pedro Scherer falou sobre a importância da unidade cristã no programa “Encontro com o Pastor”, de quarta-feira, dia 1o, na rádio 9 de Julho

A Igreja lembra, nesta data, São Justino mártir, que viveu no século II, na Palestina, e foi um filósofo que aceitou a fé cristã, procurando lançar o diálogo entre a Filosofia e o Cristianismo.

“São Justino, um intelectual filósofo, foi um homem que testemunhou com vigor a sua fé em Jesus Cristo no mundo da cultura, dando por isso também a sua vida, por amor a Cristo. Justino, portanto, representa os primeiros filósofos cristãos que tentaram fazer um diálogo entre a fé e a filosofia que é tão importante”, comentou o Arcebispo de São Paulo.

Dom Odilo pediu, então, que o Santo interceda por todos os estudiosos, os intelectuais e pelos que procuram a Verdade, a Sabedoria, o Bem, o Belo, para que encontrem a Deus, em Jesus Cristo.

UNIDADE DOS CRISTÃOS

O Cardeal comentou que durante a primeira semana de junho a Igreja do Brasil reza pela unidade dos cristãos, justamente entre a Ascensão e Pentecostes.

“Rezemos, portanto, para que as Igrejas superem os motivos das divergências e talvez até das mágoas que há. Dos acontecimentos da história e que permaneceram sempre mais unidos no testemunho do Evangelho. E rezemos também, para que não se introduzam novas divisões na Igreja”, apelou aos fiéis.

O Arcebispo chamou a atenção ao risco novas divisões dentro da igreja, pois a título de querer defender a verdadeira Igreja, estão a dividindo. “A igreja não pode ser reduzida a um grupo de elite de intelectuais ou de gente que se tem por salva. Sempre houve essa tentação de grupos que se acham melhores que os outros, que se acham aqueles mais puros, que não se misturam com os pecadores, e por isso são grupos separados”, observou.

Dom Odilo pediu por fim pediu que rezem a oração pelo sínodo todos os dias, por ocasião da assembleia sinodal arquidiocesana, que terá a primeira sessão, no sábado, 4 de junho.

OUÇA A ÍNTEGRA DO PROGRAMA “ENCONTRO COM O PASTOR”

Deixe um comentário