Tarcísio de Freitas: ‘São Paulo pode ajudar muito o Brasil’

Político do Republicanos venceu a disputa ao Palácio dos Bandeirantes contra Fernando Haddad (PT)

Tarcísio de Freitas: ‘São Paulo pode ajudar muito o Brasil’, Jornal O São Paulo
Redes Sociais de Tarcísio de Freitas

Escolhido por 13,48 milhões de pessoas (55,27% dos votos válidos), Tarcísio de Freitas (Republicanos) foi eleito governador do estado de São Paulo, no domingo, 30 de outubro. Na disputa em 2o turno, ele superou Fernando Haddad (PT), que obteve 10,9 milhões de votos (44,73% dos votos válidos).

Ex-ministro de Infraestrutura do governo Bolsonaro, Tarcísio falou sobre a vitória ao governo estadual após a confirmação da eleição de Lula à Presidência da República. 

“Vamos olhar sempre o interesse do estado de São Paulo. Para que a gente possa fazer política pública para o estado, vai ser fundamental o alinhamento e o entendimento com o governo federal”, afirmou o governador eleito, já garantindo que irá participar da reunião que Lula disse que fará com os governadores em janeiro de 2023: “Tenho certeza que São Paulo pode ajudar muito o Brasil, e o Brasil, obviamente, pode também ajudar São Paulo”. 

O político do Republicanos disse que montará um secretariado de perfil técnico. Ele acredita que não encontrará dificuldades no processo de transição de governo com Rodrigo Garcia, do PSDB, partido que antes destas eleições havia ganhado todas as disputas estaduais desde o pleito de 1994. 

Tarcísio assegurou que dois temas polêmicos apresentados por ele durante a campanha eleitoral – a privatização da Sabesp e o fim do uso das câmeras nos uniformes dos policiais militares – serão analisados detalhadamente antes de uma decisão. 

O governador eleito disse que recebeu uma ligação de Fernando Haddad que o parabenizou pela vitória e desejou sucesso na futura gestão estadual.

QUEM VENCEU NOS OUTROS 11 ESTADOS EM 2O TURNO
Alagoas – Paulo Dantas (MDB)
Amazonas – Wilson Lima (União Brasil)
Bahia – Jerônimo Rodrigues (PT)
Espírito Santo – Renato Casagrande (PSB)
Mato Grosso do Sul – Eduardo Riedel (PSDB)
Paraíba – João Azevedo (PSB)
Pernambuco – Raquel Lyra (PSDB)
Rondônia – Coronel Marcos Rocha (União Brasil)
Rio Grande do Sul – Eduardo Leite (PSDB)
Santa Catarina – Jorginho Mello (PL)
Sergipe – Fábio Mitidieri (PSD)
QUAIS OS PARTIDOS QUE COMANDARÃO OS ESTADOS
 
4 estados
PT – BA, CE, PI e RN
União Brasil – AM, GO, MT e RO
 
3 estados
MDB – AL, DF e PA
PSB – ES, MA e PA
PSDB – MS, PE e RS
 
2 estados
PL – RJ e SC
PP – RR e AC
PSD – PR e SE
Republicanos – SP e TO
 
1 estado
Novo – MG
Solidariedade – AP

Deixe um comentário