Título de Cidadã Paulistana será conferido a Santa Paulina

No dia 6 de agosto, um sábado, às 15h, a Câmara Municipal de São Paulo conferirá a Santa Paulina (1865-1942), o título de Cidadã Paulistana, em reconhecimento pelos trabalhos sociais e de promoção da vida, realizado por ela e pelas Irmãs de sua Congregação.

santa paulina

Nascida  em Vígolo Vattaro, Trentino Alto Ádige, no norte da Itália, Amábile Lúcia Visintainer (Madre Paulina) chegou ao Brasil com a família no ano de 1875.  Em 12 de julho de 1890, Amábile junto com sua amiga Virgínia Rosa Nicolodi, deram início à Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição (primeira congregação religiosa feminina fundada em solo brasileiro), onde atuavam como enfermeiras.

Madre Paulina morreu em 9 de julho de 1942, aos 76 anos, no Ipiranga. Ela foi beatificada em 1991, por São João Paulo II, em Florianópolis (SC), e canonizada em 2002 pelo mesmo Pontífice no Vaticano.

Para comemorar os 20 anos da canonização de Santa Paulina, a Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição organizou uma exposição de arte.

A Abertura oficial da Exposição “O Rosto Feminino do Sagrado na arte Bizantina, do artista Marco Funchal, ocorre na quinta-feira, 7, às 20h, no Eventos & Hospedagem Sagrada Família (Rua Padre Marchetti, 237, Ipiranga). A visitação poderá ser feita de 7 a 10 de julho, das 7h às 21h. A entrada é franca.

A exposição trará vários ícones que fazem referência as Nossas Senhoras de diversos títulos, bem como alguns painéis que retratam a vida de Santa Paulina.

(Com informações de Vatican Media)

Deixe um comentário