Confira nossa versão impressa

‘A nossa fé é em Jesus Cristo, não em políticos, partidos, ideologias ou sistemas econômicos’

Afirmou o Cardeal Odilo Pedro Scherer, na homilia da missa desta quinta-feira, 4, em sua residência

‘A nossa fé é em Jesus Cristo, não em políticos, partidos, ideologias ou sistemas econômicos’

Na missa desta quinta-feira, 4, na capela de sua residência, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, recordou a centralidade de Jesus na vida dos cristãos e que é na sua pessoa que os fiéis devem se unir.

Dom Odilo celebrou a Eucaristia na intenção de todos os doentes e pessoas afetadas pela pandemia de COVID-19, especialmente os falecidos, chamando a atenção para o grande número de mortes registradas no último dia no Brasil. “Estamos acelerando a curva ascendente dos mortos e contagiados”, afirmou.

Ao mesmo tempo, o Arcebispo recordou o empenho dos cientistas na busca por uma vacina conta o novo coronavírus. “Peçamos Deus que oriente, inspire e ilumine o trabalho dos pesquisadores para que, o quanto antes, possam encontrar essa vacina”.

COMPANHIA DOS FIÉIS

No início da homilia, o Cardeal ressaltou que é sempre muito bom ter a “companhia” dos internautas que acompanham suas missas transmitidas pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese, nesse período de quarentena.

“Compreendemos que vocês não são simples espectadores, mas estão rezando conosco, sintonizados no mesmo espírito de fé, naquilo que aqui nós realizamos, a celebração da Eucaristia, momento alto da vida da Igreja”, destacou, recordando que o Concílio Vaticano II diz que tudo na vida da Igreja leva à Eucaristia e tudo dela procede.

“A Eucaristia é o momento central na vida da Igreja, porque se dá justamente como um momento em que a Igreja se une a Jesus Cristo na sua grande oração e adoração ao Pai, pede perdão, agradece, suplica, glorifica a Deus e recebe o pão da vida, Jesus Cristo, como alimento espiritual para partir novamente em missão. A Eucaristia é, de fato, uma síntese de toda a vida e missão da Igreja”, acrescentou.

‘LEMBRA-TE DE JESUS’

Ao comentar a leituras bíblicas do dia, o Arcebispo chamou a atenção para o trecho da 2ª Carta a Timóteo (2Tm 2,8-15), escrita por São Paulo na prisão, em Roma, enquanto aguardava o martírio. Logo no início do texto, o Apóstolo escreve:  “Lembra-te de Jesus Cristo, da descendência de Davi, ressuscitado dentre os mortos, segundo o meu Evangelho”.

“Esse ‘lembra-te’ é muito importante em toda a dinâmica da Bíblia e da vida cristã. O que é a nossa evangelização senão uma constante ‘lembrar’ de Jesus Cristos, fazer memória daquilo que ele nos ensinou, de quem ele é para nós, como Senhor, salvador, nossa esperança e nossa promessa, nosso caminho”, enfatizou Dom Odilo.

“Por ele eu estou sofrendo até as algemas, como se eu fosse um malfeitor; mas a Palavra de Deus não está algemada”, continua São Paulo, na carta, e acrescenta: “Se com ele morremos, com ele viveremos. Se com ele ficamos firmes, com ele reinaremos. Se nós o negamos, também ele nos negará. Se lhe somos infiéis, ele permanece fiel, pois não pode negar-se a si mesmo”.

FIRMES NA FÉ

O Cardeal também chamou a atenção para a recomendação do Apóstolo: “Lembra-lhes tais coisas e conjura-os por Deus a evitarem discussões vãs, que de nada servem a não ser para a perdição dos ouvintes”. Ele recordou que, atualmente, são muitas a discussões ideológicas, inclusive entre cristãos, que até se sobrepõem à fé cristã, levam à divisão e à destruição.

“A nossa fé é em Jesus Cristo, não é em um ou outro político ou partido, em uma ou outra ideologia, a um ou outro sistema econômico. São teorias humanas que podem dar certo ou não, posso ou não aderir a elas. Mas ‘lembra-te de Jesus Cristo’. Esse é nosso ponto de união em quem devemos estar firmes”, exortou o Arcebispo, complementando com as palavras de Paulo:

“Empenha-te em apresentar-te diante de Deus como homem digno de aprovação, como operário que não tem de que se envergonhar, mas expõe corretamente a palavra da verdade”.

OUVIR O SENHOR

Ao refletir sobre o trecho do Evangelho do dia (Mc 12,28b-34), sobre o primeiro e mais importante dos mandamentos, Dom Odilo ressaltou as palavras “Ouve, ó Israel! O Senhor nosso Deus é o único Senhor”. Ele destacou que para amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo, é preciso antes, ouvir a Deus, prestar a atenção ao que ele diz.

“Peçamos a Deus que ele nos ajude para que, nas circunstâncias em que vivemos nós pratiquemos e amor esse amor a Deus e ao próximo de forma intensa”, concluiu.  

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Como denunciar as fake news e outras irregularidades nas Eleições 2020?

Em sites específicos e até pelas redes sociais é possível ajudar a combater a desinformação neste dia de eleições Neste dia de eleição, eleitores que...

Eleitores de 57 cidades voltam às urnas neste domingo em todo o país

Na capital paulista, a disputa será entre Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL). Votação acontece até às 17h

Projeto Janelas CASACOR: beleza, sustentabilidade e responsabilidade social

Vitrines estão espalhadas por 13 bairros de São Paulo, sendo quatro delas em comunidades, com uma exposição inclusiva, gratuita, segura

Papa exorta novos cardeais a permanecerem sempre no caminho do Senhor

O Papa Francisco presidiu neste sábado, 28, o Consistório Ordinário Público no qual foram criados 13 novos cardeais. A celebração aconteceu na Basílica de São...

Arquidiocese de São Paulo terá igreja jubilar pelos 200 anos de mártir coreano

No próximo domingo, 29, às 10h30, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidirá uma missa na matriz da Paróquia Pessoal Coreana...

Newsletter