Confira nossa versão impressa

‘A vida cristã bem vivida é um dom para o próximo e para a sociedade’

‘A vida cristã bem vivida é um dom para o próximo e para a sociedade’
(Foto: Bruno Melo)

Na missa deste sábado, 24, na capela de sua residência, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, destacou que a adesão ao Evangelho deve produzir frutos na vida do cristão.

Na Eucarisita, transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese, comemorou-se a memória de Santo Antônio Maria Claret, Bispo e missionário.  

Nascido em 1807, em Sallent, na Espanha, Antônio Claret foi ordenado sacerdote e percorreu a Catalunha pregando ao povo durante vários anos. Fundou a Congregação dos Missionários Filhos do Coração Imaculado de Maria (Claretianos). Foi nomeado Bispo para a ilha de Cuba, onde realizou um grande trabalho de evangelização. Depois de regressar à Espanha, ainda realizou muitos trabalhos em favor da Igreja. Morreu em Fontfroide, na França, em 1870.

FRUTOS DA FIGUEIRA

No Evangelho do dia (Lc 13,1-9), Jesus conta a parábola da figueira que não produzia frutos e foi ameaçada de ser cortada. O vinhateiro, no entanto, intercede ao seu senhor para que espere mais um tempo, pois irá cavar em volta dela e colocar adubo.

“Ser cristão é uma grande graça, mas também é uma responsabilidade corresponder a esse dom. Por isso, Deus espera que produzamos frutos”, afirmou Dom Odilo, na homilia, indicando os frutos da fé, esperança e caridade, do Evangelho, do conhecimento de Jesus Cristo e da salvação, da vida cristã virtuosa.

Em seguida, o Cardeal destacou que esse trecho do Evangelho sempre questiona a todos: “Como cristãos, produzimos frutos? Nossa vida cristã é frutífera para a glória de Deus?”

“A vida cristã bem vivida é um dom para o próximo e para a sociedade… Não somos chamados para sermos cristãos somente dentro da Igreja, mas ‘em saída’, para o meio do mundo, aos ambientes de vida e de trabalho, dando sinais da fé, produzindo os frutos da vida segundo o Evangelho”, enfatizou o Arcebispo.

MATURIDADE DA FÉ

Na primeira leitura (Ef 4,7-16), São Paulo exorta os fiéis a crescerem na perfeição e chegarem todos juntos “à unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, ao estado do homem perfeito e à estatura de Cristo em sua plenitude”.

“Assim, não seremos mais crianças ao sabor das ondas, arrastados por todo vento de doutrina, ludibriados pelos homens e induzidos por sua astúcia ao erro”, completa o Apóstolo.

Ao comentar esse texto, Dom Odilo salientou que receber o Evangelho e a fé pelo Batismo não é suficiente. “É um grande dom que nos é dado para crescer, produzir frutos e chegar à maturidade da fé e, assim, não sermos levados por ‘todo vento de doutrina’”, completou.

O Cardeal acrescentou, ainda, que, atualmente, vive-se vive um tempo no qual a fragilidade da fé faz com que as pessoas mudem de religião com facilidade, escandalizem-se por qualquer coisa, ofendem o Papa, associam-se mais à ideologia de um partido do que à fé da Igreja.

“Está na hora de ficar mais maduro da fé e ficar firme na sua essência e não na periferia de discussões, muitas vezes, de pessoas que nem são da Igreja e, portanto, não estão interessadas na fé”, concluiu.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Cardeal Scherer ordenará dois novos padres para a Arquidiocese neste sábado

Neste sábado, 5, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, às 15h, presidirá a ordenação de dois novos padres, no Santuário Arquidiocesano...

Novo documento do Vaticano ressalta o compromisso dos bispos pela unidade dos cristãos

“O Bispo e a unidade dos Cristãos: vademecum ecumênico” é o título do novo documento publicado pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade...

Dom Jorge Pierozan conclui visitas pastorais na Região Santana

O Bispo celebrou na Paróquia Santa Joana D’Arc, no  Setor Pastoral Tremembé No domingo, 29 de novembro, Dom Jorge Pierozan, Bispo Auxiliar de São Paulo...

Paróquia Nossa Senhora das Graças realiza festa da padroeira na Brasilândia

As festividades foram encerradas com uma procissão luminosa e missa solene Com o tema “Maria, mãe da consolação e de todas as graças”, foi celebrada...

Governo cria Comitê Interministerial de Doenças Raras

Decreto está publicado hoje no Diário Oficial da União O governo federal criou o Comitê Interministerial de Doenças Raras, que funcionará no âmbito do Ministério...

Newsletter