Confira nossa versão impressa

‘Animando a Esperança’ na Arquidiocese de São Paulo

Iniciativa mapeia igrejas e instituições católicas, a fim de facilitar o recebimento e o encaminhamento de doações para a promoção de ações caritativas

‘Animando a Esperança’ na Arquidiocese de São Paulo

As virtudes teologais – fé, esperança e caridade – têm sido intensamente vivenciadas pelos católicos em São Paulo durante a atual pandemia. Além dos esforços para que as missas chegassem a todos pelas mídias sociais ao longo do período de isolamento, em muitas igrejas surgiram ou foram ampliadas iniciativas de ação caritativa.

Em algumas ocasiões, porém, quem deseja fazer algo em favor do próximo e da Igreja nem sempre encontra informações suficientes a respeito de como colaborar. Diante dessa realidade, a Arquidiocese de São Paulo desenvolveu o projeto “Animando a Esperança”, com a proposta de dar visibilidade às ações e às necessidades das instituições católicas, como paróquias, congregações religiosas e pastorais.

MAPEAMENTO

A primeira ação foi a de cadastrar os chamados pontos de esperança: já há mais de 330, para que estejam visíveis no Google Maps e possam ser acessados por meio da página do “Animando a Esperança”, no portal da Arquidiocese de São Paulo. Assim, ao clicar em um dos pontos, o usuário que deseja colaborar encontra o endereço e os canais de contato desses locais.

A etapa seguinte, ainda em curso, é o detalhamento do que cada ponto de esperança precisa, e isso pode ser feito por seu responsável: por exemplo, o pároco de uma paróquia pode informar a necessidade de doações em dinheiro, de itens de higiene, produtos de limpeza, alimentos ou mesmo de voluntários que se disponibilizem a organizar as doações recebidas, difundir as iniciativas pela internet ou simplesmente ligar para as famílias para saber de suas condições atuais.

“As paróquias que queiram efetivamente participar podem mandar detalhes, por um formulário, indicando o que estão precisando. Todas as informações que forem inseridas no cadastro serão vistas pelos usuários ao acessar um ponto de esperança. Assim, pedimos que as paróquias e entidades ligadas à Igreja se inscrevam. Isso vai ajudar que também sejam conhecidas em seu território”, explicou ao O SÃO PAULO o Padre Lorenzo Nacheli, idealizador da ação, que foi iniciada após a anuência de Dom Eduardo Vieira dos Santos, Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Episcopal Sé.

Cada ponto de esperança será responsável pela boa utilização do que for arrecadado, de modo que cabe à plataforma “Animando a Esperança” apenas possibilitar o contato entre quem pede a ajuda e quem deseja contribuir.

UNIDADE CARITATIVA

Segundo o Padre Lorenzo, mais que uma ação para pedir recursos, o projeto “Animando a Esperança” busca mostrar a unidade da Igreja em São Paulo na dimensão caritativa: “Peço aos padres que olhem com carinho para essa iniciativa, que não é somente para arrecadar dinheiro e ajudar asparóquias, mas, sobretudo, para dar um sentido de unidade às iniciativas que a Igreja ofereceno território da Arquidiocese de São Paulo. É muito importante que nos mostremos unidos neste tempo”.

Pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida dos Ferroviários, Administrador Paroquial na Paróquia Nossa Senhora de Casaluce e com atuação no Arsenal da Esperança, que abriga homens em situação de rua, Padre Lorenzo afirmou que a solidariedade das pessoas tem sido indispensável para manter as ações caritativas. No Arsenal, por exemplo, os custos para manter a casa praticamente dobraram desde o início da pandemia de COVID-19, em virtude da necessidade de manter os acolhidos em isolamento social.

‘Animando a Esperança’ na Arquidiocese de São Paulo

‘Animando a Esperança’ na Arquidiocese de São Paulo

SAIBA MAIS SOBRE O ‘ANIMANDO A ESPERANÇA’

Site: http://arquisp.org.br/animando-a-esperanca

E-mail: arsenaldaesperanca@sermig.org.br

- publicidade -

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Compartilhe!

Últimas Notícias

Vaticano incentiva foco do turismo em áreas rurais no pós-pandemia

O setor de turismo foi um dos mais atingidos pela atual pandemia de COVID-19. Suas atividades foram praticamente paralisadas. Nesse contexto, o...

O primeiro jornalista a ser beatificado

JOÃO FOUTO Manuel Lozano Garrido, incansável autor do meio jornalístico, nasceu há cem anos, em agosto de 1920

COVID-19: para o seu bem e pela vida do próximo, proteja-se!

Aos cristãos, de modo especial, cumprir as orientações sanitárias para evitar a proliferação do novo coronavírus é uma postura de coerência de...

A família é a primeira responsável do processo educativo

Este foi um dos destaques da live da quarta-feira, 12, na programação arquidiocesana da Semana Nacional da Família

Todos Somos Hum

Três amigas mostram a força da solidariedade, em projeto desenvolvido em favor das pessoas em situação de vulnerabilidade social, amplificada com a...

Newsletter