Confira nossa versão impressa

228ª edição do Círio de Nazaré acontece sem a presença de fiéis

Tradicionalmente, a festa em honra a Padroeira da capital paraense reúne cerca de 2 milhões de pessoas

228ª edição do Círio de Nazaré acontece sem a presença de fiéis
Arquidiocese de Belém

No próximo domingo, 11, a Arquidiocese de Belém (PA) realizará a 228ª edição do Círio de Nazaré. Pela primeira vez na história, os devotos não poderão acompanhar a festa de maneira presencial, devido à pandemia do novo coronavírus.

O comunicado sobre as restrições foi feito pela Arquidiocese de Belém no dia 6 de agosto. Em 2020, a festa terá como tema: “Ave Maria, cheia de graça” e, mesmo sem as procissões pelas ruas, o povo é convidado a evidenciar de dentro de seus lares a fé em Nossa Senhora de Nazaré, em unidade com toda a Igreja.

Em um pronunciamento oficial, o Arcebispo Metropolitano de Belém e Presidente da Festa do Círio de Nazaré, Dom Alberto Taveira Corrêa, salientou que o Círio vai e deve acontecer, ainda que tenham que ser feitas muitas adaptações. “Um Círio diferente, tarefa de todos nós, cristãos católicos que o assumimos como missão, dando exemplo a todos de que somos capazes de abraçar também as cruzes e limitações que nos vieram durante este período!”.

PROGRAMAÇÃO

A abertura do Círio de Nazaré 2020 será na sexta-feira, 9, às 18h, na Basílica Santuário de Nazaré, em missa presidida por Dom Alberto. No mesmo dia, será realizada a apresentação do Manto Oficial e a Benção da Corda.

Uma das novidades, devido às restrições, é que partes da corda serão enviadas para as 95 paróquias da Arquidiocese.

No sábado, 10, os devotos poderão acompanhar a cerimônia da decida da imagem original de Nossa Senhora de Nazaré do Glória, localizado no Altar-Mor da Basílica Santuário, e a missa no Colégio Gentil Bittencourt, presidida pelo Presidente do Círio.

A tradicional procissão da trasladação para Catedral, será contemplada com a transmissão de imagens de edições anteriores, live musical e bênção com da Imagem Peregrina.

No domingo, 11, a celebração acontecerá na Catedral Metropolitana, apenas com a presença do Arcebispo e do clero arquidiocesano. Posteriormente, serão transmitidos documentários, orações do terço e abertura Quinzena de Celebrações do Círio de Nazaré.

Toda a programação será transmitida pelas redes sociais do evento, pela TV Nazaré e Rádio Nazaré FM.

Confira a programação completa

Acompanhe o Círio de Nazaré pelas Redes Sociais:

HISTÓRIA DA FESTA

O Círio de Nazaré é realizado há mais de dois séculos no estado do Pará e reune cerca de dois milhões de romeiros que caminham pelas ruas da capital, em homenagem a sua Padroeira.

A procissão sai da Catedral de Belém, e segue até a Praça Santuário de Nazaré. O percurso é de 3,6 quilômetros.

Em 2004, o evento foi reconhecido como Patrimônio de natureza imaterial pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Dentre os símbolos que marcam a tradição estão: a Berlinda, espécie de caixa em que a imagem é colocada para a procissão, a corda que após o fim da caminhada é cortada pelos fieis como uma espécie de lembrança e os Carros de Anjos e de Promessas.

Além da procissão, a imagem de Nossa Senhora de Nazaré permanece no altar da Praça Santuário para visita dos fiéis durante 15 dias, período chamado de quadra nazarena.

A EXEMPLO DA VIRGEM DE NAZARÉ

O Papa Francisco enviou por meio da Nunciatura Apostólica no Brasil, uma mensagem a Arquidiocese de Belém, e aos fiéis devotos de Nossa Senhora de Nazaré em todo o Brasil.

Na saudação, o Santo Padre reflete que neste tempo de incertezas, muitos fiéis recorrem a Maria, na presença de Nossa Senhora de Nazaré, buscando refúgio e consolo.

“Olhar para Maria, a Mãe que Cristo nos deixou” e que “embora seja única Mãe de todos, manifesta-Se de distintas maneiras na Amazônia” (Exortação Apostólica Querida Amazônia, 111), pedindo-Lhe que interceda junto ao seu divino Filho a fim de que esta dura prova termine e todas as famílias mergulhadas no sofrimento possam encontrar o consolo e a paz”, refletiu.

O Pontífice reforçou, ainda, que como batizados e a exemplo da Virgem de Nazaré, o povo não deve desistir, mesmo diante das dificuldades e que é preciso cultivar o ardor missionário.

Assim, o Papa concedeu a Bênção Apostólica, pedindo também ao povo que reze por ele.

Leia a íntegra da mensagem

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Missionários Claretianos comemoram 125 anos de presença no Brasil

Uma missa presidida pelo Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, na Paróquia Imaculado Coração de...

Prefeitura pede que no Dia de Finados cerimônias religiosas em cemitérios ocorram em espaços abertos

Em nota divulgada à imprensa na tarde da segunda-feira, 26, a Prefeitura de São Paulo recomendou que...

‘Acolhamos com fé a semente e o fermento do Reino de Deus’

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu a missa desta terça-feira, 27, na capela...

Conheça os novos cardeais do Papa Francisco

Entre eles estão os arcebispos de Washington (EUA) e de Santiago do Chile Três...

Capela São Camilo de Lellis é a presença da Igreja no Hospital do Mandaqui

O templo localizado no hospital da zona Norte de São Paulo é o último retratado na série especial de reportagens do O...

Newsletter