228ª edição do Círio de Nazaré acontece sem a presença de fiéis

Tradicionalmente, a festa em honra a Padroeira da capital paraense reúne cerca de 2 milhões de pessoas

228ª edição do Círio de Nazaré acontece sem a presença de fiéis
Arquidiocese de Belém

No próximo domingo, 11, a Arquidiocese de Belém (PA) realizará a 228ª edição do Círio de Nazaré. Pela primeira vez na história, os devotos não poderão acompanhar a festa de maneira presencial, devido à pandemia do novo coronavírus.

O comunicado sobre as restrições foi feito pela Arquidiocese de Belém no dia 6 de agosto. Em 2020, a festa terá como tema: “Ave Maria, cheia de graça” e, mesmo sem as procissões pelas ruas, o povo é convidado a evidenciar de dentro de seus lares a fé em Nossa Senhora de Nazaré, em unidade com toda a Igreja.

Em um pronunciamento oficial, o Arcebispo Metropolitano de Belém e Presidente da Festa do Círio de Nazaré, Dom Alberto Taveira Corrêa, salientou que o Círio vai e deve acontecer, ainda que tenham que ser feitas muitas adaptações. “Um Círio diferente, tarefa de todos nós, cristãos católicos que o assumimos como missão, dando exemplo a todos de que somos capazes de abraçar também as cruzes e limitações que nos vieram durante este período!”.

PROGRAMAÇÃO

A abertura do Círio de Nazaré 2020 será na sexta-feira, 9, às 18h, na Basílica Santuário de Nazaré, em missa presidida por Dom Alberto. No mesmo dia, será realizada a apresentação do Manto Oficial e a Benção da Corda.

Uma das novidades, devido às restrições, é que partes da corda serão enviadas para as 95 paróquias da Arquidiocese.

No sábado, 10, os devotos poderão acompanhar a cerimônia da decida da imagem original de Nossa Senhora de Nazaré do Glória, localizado no Altar-Mor da Basílica Santuário, e a missa no Colégio Gentil Bittencourt, presidida pelo Presidente do Círio.

A tradicional procissão da trasladação para Catedral, será contemplada com a transmissão de imagens de edições anteriores, live musical e bênção com da Imagem Peregrina.

No domingo, 11, a celebração acontecerá na Catedral Metropolitana, apenas com a presença do Arcebispo e do clero arquidiocesano. Posteriormente, serão transmitidos documentários, orações do terço e abertura Quinzena de Celebrações do Círio de Nazaré.

Toda a programação será transmitida pelas redes sociais do evento, pela TV Nazaré e Rádio Nazaré FM.

Confira a programação completa

Acompanhe o Círio de Nazaré pelas Redes Sociais:

HISTÓRIA DA FESTA

O Círio de Nazaré é realizado há mais de dois séculos no estado do Pará e reune cerca de dois milhões de romeiros que caminham pelas ruas da capital, em homenagem a sua Padroeira.

A procissão sai da Catedral de Belém, e segue até a Praça Santuário de Nazaré. O percurso é de 3,6 quilômetros.

Em 2004, o evento foi reconhecido como Patrimônio de natureza imaterial pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Dentre os símbolos que marcam a tradição estão: a Berlinda, espécie de caixa em que a imagem é colocada para a procissão, a corda que após o fim da caminhada é cortada pelos fieis como uma espécie de lembrança e os Carros de Anjos e de Promessas.

Além da procissão, a imagem de Nossa Senhora de Nazaré permanece no altar da Praça Santuário para visita dos fiéis durante 15 dias, período chamado de quadra nazarena.

A EXEMPLO DA VIRGEM DE NAZARÉ

O Papa Francisco enviou por meio da Nunciatura Apostólica no Brasil, uma mensagem a Arquidiocese de Belém, e aos fiéis devotos de Nossa Senhora de Nazaré em todo o Brasil.

Na saudação, o Santo Padre reflete que neste tempo de incertezas, muitos fiéis recorrem a Maria, na presença de Nossa Senhora de Nazaré, buscando refúgio e consolo.

“Olhar para Maria, a Mãe que Cristo nos deixou” e que “embora seja única Mãe de todos, manifesta-Se de distintas maneiras na Amazônia” (Exortação Apostólica Querida Amazônia, 111), pedindo-Lhe que interceda junto ao seu divino Filho a fim de que esta dura prova termine e todas as famílias mergulhadas no sofrimento possam encontrar o consolo e a paz”, refletiu.

O Pontífice reforçou, ainda, que como batizados e a exemplo da Virgem de Nazaré, o povo não deve desistir, mesmo diante das dificuldades e que é preciso cultivar o ardor missionário.

Assim, o Papa concedeu a Bênção Apostólica, pedindo também ao povo que reze por ele.

Leia a íntegra da mensagem

Notícias relacionadas

228ª edição do Círio de Nazaré acontece sem a presença de fiéis

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter