Morre o teólogo Francisco Catão

O teólogo Francisco Catão morreu nesta quinta-feira, 7, um dia antes de completar 93 anos.

Catão estava internado no Hospital Santa Catarina, em São Paulo, há pouco mais de duas semanas, após sofrer uma queda em casa, fraturar o fêmur e ser submetido a uma cirurgia. Na madrugada do dia 1º, enquanto recuperava-se da cirurgia, ele sofreu um ataque cardíaco que agravou seu quadro se saúde.

BIOGRAFIA

Nascido em 8 de maio de 1927, no Rio de Janeiro, Francisco Catão era doutor em Teologia pela Universidade de Estrasburgo, na França. Foi professor no Instituto Pio XI (Salesianos) e na Faculdade São Bento. Foi autor de vários livros, tais como “Em busca do sentido da vida” e “Espiritualidade cristã”.

Colunista do jornal O SÃO PAULO, desde 2018, o teólogo escreveu diversos artigos relacionados à espiritualidade e evangelização, especialmente a partir da temática do sínodo arquidiocesano de São Paulo.

Em um desses artigos, publicado em 31 de janeiro de 2018, Catão destacou: “A ação evangelizadora é fruto da experiência de Deus no Espírito de Jesus, alma do exercício de todos os dons hierárquicos e carismáticos, conferidos pelo Espírito à Igreja, que, por sua vez, inculturada, é princípio instrumental de graça, com absoluto primado sobre todas as capacidades humanas ou funções exercidas por ministros, ordenados ou não, no seio da comunidade cristã”.

Devido à pandemia de COVID-19, não haverá velório e o sepultamento acontecerá no cemitério do Morumby, às 17h, reservado apenas à família. 

LEIA TAMBÉM: 
Francisco Catão: uma vida dedicada ao encontro com Cristo

ACESSE OS ARTIGOS DE FRANCISCO CATÃO NO JORNAL O SÃO PAULO

Website | + posts
- publicidade -
- publicidade -

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

- publicidade -

Últimas Notícias

Presidência do Regional Sul 1 da CNBB posiciona-se sobre a atual pandemia

(COM INFORMAÇÕES DO REGIONAL SUL 1 DA CNBB) A Presidência do Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos...

‘A pandemia não deve calar nosso testemunho da fé’, diz Cardeal Scherer

Arcebispo de São Paulo presidiu missa da Solenidade da Ascensão do Senhor e dia Mundial das Comunicações Sociais, na Catedral da Sé

Principais documentos da Igreja sobre comunicação

Em 1963, o Concílio Vaticano II aprovou o Decreto Inter Mirifica, primeiro documento conciliar que trata do tema das comunicações sociais

Magistério da Igreja acompanha o desenvolvimento da comunicação social

No domingo, 24, Solenidade da Ascensão do Senhor, a Igreja também comemora o 54º Dia Mundial das...

Em meio à crise econômica, Igreja no Líbano auxilia os mais atingidos

GUSTAVO CATANIA RAMOS (ESPECIAL PARA O SÃO PAULO) Em entrevista à Asia News, Dom...

Isolamento social permanece abaixo do esperado em SP

Taxa na capital paulista ficou em 52%. Ao todo, 500 cidades já registram casos em no estado

Newsletter