‘Busquemos os caminhos do Senhor com sinceridade e o coração aberto à sua vontade’

‘Busquemos os caminhos do Senhor com sinceridade e o coração aberto à sua vontade’
(Foto: Bruno Melo)

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu a missa desta segunda-feira da 3ª semana do Advento, 14, na capela de sua residência, transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

Nesta data, também se celebra a memória litúrgica de São João da Cruz, presbítero e doutor da Igreja.

João da Cruz nasceu em Fontíveros, na Espanha, por volta de 1542. Depois de algum tempo passado na Ordem dos Carmelitas, tornou-se, a partir de 1568 o primeiro dos frades na reforma de sua Ordem, persuadido por Santa Teresa de Jesus, tendo por isso suportado inúmeros sofrimentos e trabalhos. Morreu em Úbeda, em 1591, com grande fama de santidade e sabedoria, de que dão testemunho as obras espirituais que escreveu.

“Peçamos que São João da Cruz interceda pelos carmelitas para que, fiéis ao seu carisma, continuem a servir a Igreja no estilo de vida que lhes é próprio: na oração, na contemplação, no estudo e na busca da união com Deus”, disse Dom Odilo no início da celebração.

Sabedoria de Deus

Na homilia, o Cardeal destacou que a leitura do dia chamam a atenção para a busca dos caminhos de Deus.

No Evangelho (Mt 21,23-27), os sumos sacerdotes do templo questionam Jesus sobre com que autoridade ele agia. “Os mestres do templo não quiseram conhecer os caminhos de Deus e, fechados, tentavam pegar Jesus em contradição. Para conhecer os caminhos do Senhor é necessário ter abertura do coração”, afirmou o Arcebispo. 

Dom Odilo também sublinhou o versículo do Salmo 24: “Vossa verdade me oriente e me conduza, porque sois o Deus da minha salvação”, para ressaltar que a sabedoria de Deus é maior que a sabedoria humana.

Conversão

“Nossa inteligência deve estar aberta para compreender a verdade de Deus, ainda que de modo limitado. Isso permite que entremos em comunhão com Ele”, afirmou, acrescentando que seguir por esse caminho exige conversão, mudança de vida. “Quando nos dispomos a seguir o caminho de Deus, Ele nos mostra a sua vontade. Por isso, devemos buscar seus caminhos com sinceridade”. 

Nesse sentido, o Cardeal Scherer enfatizou que o Advento é um tempo oportuno para procurar o sacramento da Reconciliação e, na impossibilidade de se confessar devido à pandemia, que se faça um sincero exame de consciência diante de Deus, em oração, seguido do ato de contrição e do propósito de recorrer ao sacramento oportunamente.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter