Confira nossa versão impressa

Cardeal Scherer: a fé é uma resposta a Deus, que vem ao encontro da humanidade

Cardeal Scherer: a fé é uma resposta a Deus, que vem ao encontro da humanidade

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, participou da XVI Semana Teológica da Faculdade de Filosofia e Teologia Paulo VI, da Diocese de Mogi das Cruzes (SP), nesta segunda-feira, 27.

O evento, realizado virtualmente, contou com a presença de Dom Pedro Luiz Stringhini, Bispo de Mogi das Cruzes e presidente do Regional Sul 1 da CNBB, e do Padre Claudio Francisco de Oliveira, diretor da Faculdade.

Este ano, o tema abordado foi as virtudes teologais e Dom Odilo abriu a semana com uma conferência sobre a fé. Logo no início, ele ressaltou que essa virtude é entendida pelos cristãos como uma resposta a Deus que se manifesta e vem ao encontro da humanidade.

BASE SÓLIDA

“A fé não é uma espécie de convicção, ‘eu acho que, eu penso que’, o que é o modo popular de defini-la muitas vezes. A nossa fé, a partir da base bíblica, é uma adesão a Deus que é crível e crer não é simplesmente um ato intelectual”, afirmou o Cardeal.

Recordando a raiz grega da palavra fé, o Arcebispo destacou essa tem relação com uma base sólida, com firmeza e consistência. Nesse sentido, o ato de fé tem como base a autoridade, dignidade, honestidade e santidade de Deus.

“Nossa fé não é nos homens, vem por meio da pregação, é sempre uma resposta a palavra de Deus. Nele, somos convidados a ser testemunhas, mediadores, pedagogos na fé para ajudar os outros a se aproximarem de Deus e a fazer eles o seu ato de fé”, completou Dom Odilo.

CRER COM A IGREJA

O Cardeal enfatizou, ainda, que o cristão deve crer com a Igreja. “A fé é um dom acolhido no Batismo, é recebida da Igreja que nos transmite e com ela cremos”, disse, acrescentando que todo batizado também deve crer como a Igreja crê e não como uma convicção particular a partir de critérios próprios.

Sobre isso, o Arcebispo reforçou que quando alguém diz ter dúvidas ou dificuldades para crer, basta crer com e como a Igreja.

Outro aspecto da fé sublinhado por dom Odilo é a obediência. “Jesus Cristo, pelo Evangelho, quer conduzir todos os povos à obediência da fé”, afirmou.

“A Fé também é uma busca de compressão. Não é resultado, simplesmente, de um ato racional, mas não dispensa razão”, acrescentou o Cardeal, recordando que o ato de fé é digno da razão. “Nós cremos porque consideramos que é razoável crer… é um ato humano e também da razão”.

Por fim, o Arcebispo lembrou que a fé é um dom, uma graça recebida de Deus, mas que precisa ser cultivada. “Jesus nos ensinou que devemos pedir a fé… Temos que pedir a Deus que aumente a nossa fé e nos mantenha firmes nela”, frisou, alertando que a fé não pode ser abandonada por qualquer motivo de descontentamento e, por isso, é preciso ir além do modo individualista de crer e de entender a fé.

Assista ao vídeo da íntegra da conferência de Dom Odilo aqui.

(Colaborou: Flavio Rogério Lopes)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Dom Jorge Pierozan conclui visitas pastorais na Região Santana

O Bispo celebrou na Paróquia Santa Joana D’Arc, no  Setor Pastoral Tremembé No domingo, 29 de novembro, Dom Jorge Pierozan, Bispo Auxiliar de São Paulo...

Paróquia Nossa Senhora das Graças realiza festa da padroeira na Brasilândia

As festividades foram encerradas com uma procissão luminosa e missa solene Com o tema “Maria, mãe da consolação e de todas as graças”, foi celebrada...

Governo cria Comitê Interministerial de Doenças Raras

Decreto está publicado hoje no Diário Oficial da União O governo federal criou o Comitê Interministerial de Doenças Raras, que funcionará no âmbito do Ministério...

Primeira pregação do Advento, Catalamessa: “irmã morte é fonte de vida eterna”

Nesta primeira sexta-feira do Advento, 4, iniciaram as meditações do pregador da Casa Pontifícia Raniero Cantalamessa, criado cardeal pelo Papa Francisco no Consistório de...

A pandemia ainda não acabou!

São Paulo registra alta de casos de COVID-19. Parte da população aparenta ter se descuidado das recomendações sanitárias de segurança contra o vírus

Newsletter