Confira nossa versão impressa

Dom Ricardo Hoepers comenta notícia caluniosa sobre o Pacto pela Vida e Pelo Brasil

Dom Ricardo Hoepers comenta notícia caluniosa sobre o Pacto pela Vida e Pelo Brasil
Dom Ricardo Hoepers (crédito: CNBB Sul 3)

O Bispo de Rio Grande (RS) e Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Ricardo Hoepers, pronunciou-se a respeito de uma notícia que tem circulado sobre um pacto da CNBB com entidade pró-aborto.

Para dom Ricardo, o texto “é uma afronta a toda Pastoral Familiar do Brasil” e quem escreveu “ignora completamente as prioridades pastorais da Igreja Católica e sua organização”. 

“Como CNBB, a Comissão Vida e Família continuará sempre incansável na defesa da vida desde a concepção até seu fim natural”, afirma o Bispo.

PACTO PELA VIDA E PELO BRASIL

A “confusão mediática” por meio de “notícia maldosa e, fora de contexto” questiona o Pacto pela Vida e pelo Brasil, assinado pela CNBB e outras entidades.

O documento, assinado em abril reconhece que o Brasil vive uma grave crise – sanitária, econômica, social e política – e que exige de todos, especialmente de governantes e representantes do povo, o exercício de uma cidadania guiada pelos princípios da solidariedade e da dignidade humana, assentada no diálogo maduro, corresponsável, na busca de soluções conjuntas para o bem comum, particularmente dos mais pobres e vulneráveis.

INTEGRA DO PRONUNCIAMENTO DE DOM RICARDO HOEPERS:

Diante da notícia que a CNBB fez um pacto com entidade pró-aborto, digo o seguinte: Isso é uma afronta a toda Pastoral Familiar do Brasil! Quem escreveu ignora completamente as prioridades pastorais da Igreja Católica e sua organização. Sim, ignorante na escrita, mas, maldoso na proposição. Pura maldade contra a Igreja Católica e contra a CNBB.

A notícia tem um só e único objetivo: caluniar a CNBB para fazer desacreditar a sua missão profética em defesa de um país mais justo, fraterno e solidário! É inegável todo o histórico de defesa da vida e contra o aborto que se manifesta em todas as notas oficiais emitidas com coragem e veemência pelos Bispos do Brasil.

Além da presença nos debates e nas audiências públicas, a CNBB e a Pastoral Familiar organizam a Semana da Vida que acontece em todas as dioceses do Brasil. Trabalhamos juntos na Comissão para a Vida e Família que motiva, organiza e faz acontecer a promoção e a Defesa da vida através da Pastoral Familiar.

Só quem tem muita raiva, ódio ou mágoa, mal resolvidos dentro de si, para criar uma confusão mediática com essa notícia maldosa e fora de contexto, levantando falso testemunho com a imagem de Dom Walmor, presidente da CNBB, e da ação pastoral da Igreja Católica.

Espero que todos os cristãos católicos se inteirem corretamente sobre o Pacto da Vida e o leiam na íntegra. Como CNBB, a Comissão Vida e Família continuará sempre incansável na defesa da vida desde a concepção até seu fim natural.

Dom Ricardo Hoepers
Bispo de Rio Grande (RS)
Presidente da Comissão para a Vida e Família da CNBB

Fonte: CNBB

- publicidade -

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Compartilhe!

Últimas Notícias

Seminaristas da Arquidiocese são admitidos como candidatos às ordens sacras

Cardeal Odilo Scherer celebrou o rito de admissão de três seminaristas como candidatos ao sacerdócio

Nova lei de segurança amplia repressão a dissidentes na China

Sob o argumento de manter a soberania nacional, governo chinês tem perseguidos críticos, como o empresário de mídia Jimmy Lai

Famílias: chamadas à transmissão da vida e à defesa da dignidade humana

'Família e compromisso com vida foi o destaque da live realizada na quinta-feira, 13, na programação arquidiocesana da Semana Nacional da Família

São Domingos de Gusmão é tema de live

A Paróquia Sagrada Família, em parceria com o Frei Franklim Drumond, OP, residente no Convento Nossa Senhora...

São Paulo registra 26,6 mil óbitos e 686,1 mil casos de coronavírus

461 mil pessoas já estão recuperadas da COVID-19; taxas de ocupação de UTIs são de 56,4% na Grande SP e 57,8% no...

Newsletter