Em meio à tempestade, ‘Jesus está conosco na barca’

Em meio à tempestade, ‘Jesus está conosco na barca’

“Quem é este homem, que até os ventos e o mar lhe obedecem?”. Com esta pergunta, que conclui o trecho do Evangelho proclamado na missa desta terça-feira, 30, o Cardeal Odilo Pedro Scherer recordou que Jesus sempre permanece com seus discípulos em meio às tribulações.

O Arcebispo de São Paulo presidiu a Eucaristia na capela de sua residência, na região central da capital paulista, transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

GRANDEZA DE DEUS

Na homilia, Dom Odilo ressaltou que os discípulos estavam assustados com a tempestade que os atingiu enquanto estavam na barca, mas ficaram ainda mais assustados quando viram Jesus ameaçar os ventos e o mar, que se acalmaram.

“Quando tomamos consciência de que estamos diante de Deus nos assustamos”, afirmou o Cardeal, enfatizando que os discípulos se deram conta de que Jesus não é apenas um homem como eles, e, assim, procuraram entender mais sobre o mistério a respeito de quem é o Senhor.

Recordando o contexto atual, em que a humanidade sofre com a pandemia de COVID-19, o Arcebispo indagou se os cristãos têm consciência de que Jesus está com eles nessa barca. Ele alertou, ainda, que, muitas vezes, as pessoas não se dão mais conta da grandeza do mistério de Deus que as envolve por meio de Jesus e afirmou que as situações de crise e sofrimento são ocasiões para renovar a fé na ação de Deus.

CONVITE À CONVERSÃO

“Isso que os profetas reclamavam do povo no Antigo Testamento, porque se acostumaram com as obras de Deus na sua vida, o esqueciam e caiam na idolatria e na desobediência do seus mandamentos”, acrescentou Dom Odilo, mencionando o exemplo do profeta Amós, narrado na primeira leitura (Am 3,1-8; 4,11-12), e o convite à conversão que a Igreja faz continuamente.  

“Não devemos nos acostumar com as coisas de Deus a ponto de ficarmos indiferentes diante dele. Sempre devemos nos perguntar quem é Deus e quem somos nós diante dele. Às vezes, é preciso que aconteça uma tempestade para nos darmos conta de que Jesus está conosco na barca”, afirmou o Cardeal, acrescentando: “Vamos ouvi-lo sempre sem nunca deixarmos de andar em seus caminhos”.

MISSAS PRESENCIAIS

No fim da missa, o Arcebispo destacou que as missas com a presença de um pequeno grupo de fiéis começam a ser retomadas aos poucos nas paróquias e comunidades da Arquidiocese, seguindo todas as recomendações e cuidados preventivos para evitar a difusão do novo coronavírus.

“Por isso, as pessoas idosas e que pertencem ao grupo de risco devem permanecer em casa e acompanhar as celebrações pelo rádio, pela TV ou internet… Una-se à Igreja que celebra, ouça a palavra de Deus e renove a sua fé”, recomendou Dom Odilo, recordando que a pandemia ainda não foi superada e é preciso continuar tomando todos os cuidados necessários.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter