Equador sediará o Congresso Eucarístico Internacional em 2024

Ao receberem a notícia, os Bispos agradeceram a Deus pela designação que receberam como expressão da proximidade do Papa Francisco com o país

Equador sediará o Congresso Eucarístico Internacional em 2024
Celam Press

Quito sediará o próximo Congresso Eucarístico Internacional programado para 2024. A informação foi confirmada pelos bispos da Conferência Episcopal Equatoriana.

O congresso chega à sua 53ª edição e a nomeação foi feita após proposta do episcopado aos organizadores. É a primeira vez que a capital equatoriana acolhe um grande evento Eclesial para a Igreja Universal.

Ao receberem a notícia, os Bispos agradeceram a Deus pela designação que receberam como expressão da proximidade do Papa Francisco com o país. Além disso, porque no marco deste evento se celebrarão os 150 anos da Consagração do país ao Sagrado Coração de Jesus, ato de devoção que faz parte do patrimônio imaterial da identidade cultural e religiosa dos equatorianos. 

Nesse sentido, a Igreja convocou os fiéis a unirem forças para que este evento seja um reflexo dos valores que distinguem o Equador e uma demonstração de criatividade em aspectos como a logística e a organização das diferentes atividades.

Segundo o pronunciamento oficial, os bispos desejam que o evento seja uma oportunidade para os equatorianos se reencontrarem como irmãos para além das diferenças, comprometidos com a construção de um projeto inclusivo de nação que se alicerça na liberdade, justiça, solidariedade e igualdade, considerando a pessoa como o centro das preocupações, ações e decisões da Igreja.

As origens

Os Congressos Eucarísticos Internacionais nasceram na França na segunda metade do século XIX. Inspiram-se na experiência de fé que nos leva a estar convencidos da presença real da pessoa de Jesus Cristo no sacramento da Eucaristia.

No caso do Equador, ao ser escolhido como país anfitrião, deve determinar as fases da preparação pastoral através dos Congressos Eucarísticos nacionais e diocesanos que envolvam as paróquias e os movimentos apostólicos.

Geralmente, os Congressos Eucarísticos Internacionais duram uma semana e se encerram com uma celebração Eucarística presidida pelo Papa ou por seu Legado como expressão visível de comunhão com a Igreja universal, cerimônia conhecida como “ Statio Orbis ”.

(Com informações de Celam Press)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter