Confira nossa versão impressa

Medalha São Paulo Apóstolo reconhece promotores da educação cristã

Inscrições continuam até 31 de julho no portal da Arquidiocese de São Paulo. Conheça a história de premiados em anos anteriores

Medalha São Paulo Apóstolo reconhece promotores da educação cristã

Marcelo Cypriano Fernandes Motta e José Renato Nalini foram os dois últimos premiados da categoria “Educação Cristã” da Medalha São Paulo Apóstolo, instituída em 2015, no contexto das comemorações dos 270 anos de criação da Diocese de São Paulo.

O prêmio de reconhecimento tem como objetivos valorizar, estimular e dinamizar a vida eclesial e pastoral na Arquidiocese de São Paulo.

Neste ano, as indicações de nomes podem ser feitas até 31 de julho no portal da Arquidiocese de São Paulo, onde também estão todas as informações sobre as categorias e os critérios para a inscrição.

Marcelo Cypriano Fernandes Motta

Membro da Comissão Arquidiocesana do Ano Nacional do Laicato e leigo na Paróquia São Gabriel Arcanjo, Marcelo Cypriano está à frente do projeto dos centros da cultura da Misericórdia, que desenvolve uma pedagogia da misericórdia mediante a criação de um método que coloca a vivência da fé no centro da educação.

Ele foi presidente, entre 1998 e 2002, do Centro de Estudos Agostinianos, da Ordem de Santo Agostinho (OSA).  Participou como delegado brasileiro pelas Pontifícias Obras Missionárias (POM) do Congresso Americano Missionário, realizado na Guatemala em 2003.

José Renato Nalini

O magistrado presidiu o Tribunal de Justiça de São Paulo entre 2014 e 2015. Como desembargador, sempre incentivou a celebração da Páscoa Forense.

Após se aposentar, aceitou o convite do então governador Geraldo Alckmin para ser Secretário Estadual da Educação (2016-2018). Neste período, promoveu uma mobilização da sociedade civil no projeto “Adoção Afetiva” de escolas da rede estadual. Também procurou aproximar os agentes da Pastoral da Educação das escolas da rede estadual, e manteve contato com os bispos e sacerdotes do Regional Sul 1 da CNBB, alertando para a urgência de uma ação pastoral da Igreja junto ao setor educacional.

Você conhece alguém que ajuda a promover a educação cristã?

CLIQUE E INDIQUE ESSA PESSOA PARA A PREMIAÇÃO

A inscrição também pode ser feita por meio eletrônico, enviando a ficha devidamente preenchida para o seguinte e-mail: medalhasaopaulo@arquisp.org.br, junto com os devidos formulários preenchidos.

Como nos anos anteriores, a Medalha São Paulo Apóstolo será concedida a sete categorias de pessoas e três categorias de instituições e entidades. Pessoas: Testemunho laical; Serviço sacerdotal; Ação caritativa e de promoção humana; Ação missionária; Inovação na metodologia pastoral; Educação cristã; Defesa e promoção da vida e da dignidade humanas. Instituições: Cultura; Comunicação; Serviço social.

Os nomes dos contemplados pela Medalha serão divulgados no dia 7 de agosto e a entrega do prêmio será em 26 de agosto.

- publicidade -

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Compartilhe!

Últimas Notícias

Seminaristas da Arquidiocese são admitidos como candidatos às ordens sacras

Cardeal Odilo Scherer celebrou o rito de admissão de três seminaristas como candidatos ao sacerdócio

Nova lei de segurança amplia repressão a dissidentes na China

Sob o argumento de manter a soberania nacional, governo chinês tem perseguidos críticos, como o empresário de mídia Jimmy Lai

Famílias: chamadas à transmissão da vida e à defesa da dignidade humana

'Família e compromisso com vida foi o destaque da live realizada na quinta-feira, 13, na programação arquidiocesana da Semana Nacional da Família

São Domingos de Gusmão é tema de live

A Paróquia Sagrada Família, em parceria com o Frei Franklim Drumond, OP, residente no Convento Nossa Senhora...

São Paulo registra 26,6 mil óbitos e 686,1 mil casos de coronavírus

461 mil pessoas já estão recuperadas da COVID-19; taxas de ocupação de UTIs são de 56,4% na Grande SP e 57,8% no...

Newsletter