Confira nossa versão impressa

Missionários Claretianos comemoram 125 anos de presença no Brasil

Missionários Claretianos comemoram 125 anos de presença no Brasil
Cardeal Scherer preside missa da memória de Santo Antônio Maria Claret (Foto: Luciney Martins/O SÃO PAULO)

Uma missa presidida pelo Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, na Paróquia Imaculado Coração de Maria, na Vila Buarque, no sábado, 24, marcou a comemoração da memória de Santo Antonio Maria Claret, fundador da Congregação dos Missionários Claretianos, que, em 2020, comemora 125 anos de presença no Brasil.

A Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria foi fundada em 16 de julho de 1849, na cidade de Vic, Espanha. A congregação nasceu com um forte espírito missionário expresso no seu objetivo vital de anunciar a Palavra de Deus pelo mundo, usando todos os meios possíveis. A congregação é composta de sacerdotes e irmãos consagrados. Também conta com o apoio de inúmeros leigos que vivem a espiritualidade e carisma claretiano na sociedade.

Na homilia, Dom Odilo recordou que Santo Antonio Maria Claret (1807-1870) foi um grande missionário, sendo enviado à ilha de Cuba, onde foi Bispo e realizou um admirável trabalho evangelizador. “Nós lembramos esse grande homem, Bispo, pastor da Igreja, que dedicou sua vida ao Evangelho e aos irmãos, e a Igreja o proclamou Santo para dizer que a vida dele é um exemplo a ser buscado”, afirmou.

NO BRASIL

Os primeiros missionários claretianos chegaram ao Brasil em 19 de novembro de 1895, instalando-se em São Paulo. Os fundadores da missão brasileira eram os padres Raimundo Genover, Eusébio Sacristián Villanueva, José Domingos Aguero, Lorenzo Playán, Geraldo Palomera Font, Rafael Fernandes Palacios e os irmãos Ramon Ramon Solé, Jaime Rovira Solé, José Rosset Torrens e Baldomero Dueñas Hernandes.

“Tudo era novo para estes homens: língua, costumes, clima, manifestações religiosas… No entanto, todos estavam imbuídos de uma mística missionária enfatizada na disposição de entregar a vida pela missão e pela salvação de todos os seres humanos, no espírito de sacrifício e coragem ante os perigos. Todos tinham certeza de que a amada congregação os acompanhava nesta nova e empolgante missão nas terras da Santa Cruz”, afirmou o Padre Marcos Aurélio Loro, Superior Provincial dos claretianos no Brasil.

Inicialmente, os missionários se dedicaram à evangelização por meio das missões populares nas paróquias, dos exercícios espirituais para o clero e os seminaristas. Em 1897, foi lançada a pedra fundamental da Igreja Imaculado Coração de Maria, primeira comunidade entregue aos cuidados dessa congregação e que, em 1965, tornou-se Paróquia.

EDUCAÇÃO

A educação era uma frente missionária dos claretianos na Espanha desde a década de 1860, quando o próprio fundador viu nas escolas um espaço no qual era possível anunciar o Evangelho, não apenas aos alunos, mas também às suas famílias e, consequentemente, à sociedade.

No Brasil, a congregação iniciou as atividades educativas em 1925, ao assumir a administração do Colégio São José, em Batatais (SP). Nascia, assim, a Rede Claretiana de Educação, que hoje está presente em São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Pará e Distrito Federal, atendendo tanto na Educação Básica como no Ensino Superior. 

Um de seus ex-alunos é o próprio Cardeal Scherer, que estudou no Studium Theologicum Claretiano, em Curitiba (PR), na década de 1970. 

Missionários Claretianos comemoram 125 anos de presença no Brasil
Igreja Imaculado Coração de Maria, que começou a ser construída em 1897, pelos missionários Claretianos (Arquivo/Claretianos)

EDITORA

Outro marco da história dos claretianos no Brasil foi a publicação da revista Ave-Maria, em 1898, considerada a primeira revista mariana do País, dando origem à Editora Ave-Maria, responsável pela edição de uma das traduções da Bíblia mais vendidas no Brasil, lançada em 1950.

“Recordo que dezenas de irmãos missionários iam de casa em casa evangelizar e levar a Palavra de Deus por meio da revista Ave-Maria”, relatou o irmão Hely Vaz Diniz, missionário claretiano há 54 anos.

Atualmente, os claretianos desenvolvem sua missão por meio da evangelização nas paróquias, educação e obras sociais. Estão presentes nas cinco regiões brasileiras e possuem uma missão em Moçambique, ligada à província.

“Vejo, nesses 125 anos, como legado dos claretianos: homens que não se acomodaram, procuraram e continuam a responder às exigências da evangelização no Brasil”, afirmou o Superior Provincial, salientando, ainda, que o missionário claretiano se esforça para ser aquilo que o Fundador ensinou:

“Um filho do Imaculado Coração de Maria é um homem que arde em caridade e abrasa por onde passa. Deseja eficazmente e procura por todos os meios inflamar o mundo no fogo do divino amor. Nada o detém. Alegra-se nas privações. Enfrenta os trabalhos. Abraça os sacrifícios. Compraz-se nas calúnias. Alegra-se nos tormentos e dores que sofre e gloria-se na cruz de Jesus Cristo. Não pensa senão em como seguir e imitar Cristo na oração, no trabalho e no sofrimento, procurando sempre e unicamente a maior glória de Deus e a salvação dos homens”.

(Colaborou: Flavio Rogério Lopes)

Notícias relacionadas

Comentários

  1. To whom it may concern,
    My name is Fr. Stephen Arabadjis.  I am a member of the Society of St. Pius X.  But I am in my 6th year of Sabbatical.Therefore I was hoping your seminary could do a 54 day rosary novena for my intentions.  But any prayers and sacrifices would be greatly appreciated.  I know Our Lady will reward you generously for this.
    In Our Lady,
    Fr. Arabadjis
    P.S. Thanking you in advance, since I don’t always get all my communications.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Dom Luiz inaugura capela da medalha milagrosa na Paróquia São Felipe Néri

Também se comemorou o centenário do fundador da Congregação e da Paróquia, o Padre Aldo Giuseppe Maschi (1920-1999) Na sexta-feira, 27 de novembro, Dom Luiz...

Pastoral do menor da Região Sé promove encontro on-line

O missionário José Cícero conduziu o momento de espiritualidade A Pastoral do Menor da Região Episcopal Sé realizou um encontro on-line em 26 de novembro,...

Em busca da unidade: bispos terão manual da Santa Sé sobre ecumenismo

Nesta sexta-feira, 4, na Sala de Imprensa da Santa Sé, no Vaticano, será apresentado o documento intitulado “O bispo e a unidade dos cristãos:...

Carreata marca os 50 anos da Paróquia Nossa Senhora de Casaluce

A comunidade instalada no bairro do Brás a mais de um século, foi elevada paróquia no dia 19 de outubro de 1970 No sábado, 28...

Rede Mundial de Oração do Papa torna-se Fundação Vaticana

A Sala de Imprensa da Santa Sé divulgou nesta quinta-feira, 3, um comunicado informando que, por decisão do Papa Francisco, a Obra Pontifícia “Rede...

Newsletter