A procura pelo sacerdócio se destaca em meio ao conturbado cenário social e sanitário

A procura pelo sacerdócio se destaca em meio ao conturbado cenário social e sanitário
Seminaristas no Seminário Santa Rosa de Lima, em Caracas / Seminário Santa Rosa de Lima da Arquidiocese de Caracas

O trabalho de promoção vocacional na Venezuela está dando frutos. Este ano, apesar da plena crise social e econômica que atravessa o país, agravada pela situação de pandemia provocada pela COVID-19, a resposta vocacional à vida ministerial do sacerdócio tem aumentado, com um total de 804 seminaristas, incluindo jovens que estão na fase preparatória ou estudando Filosofia e Teologia.

Conforme informou a Conferência Episcopal da Venezuela, os vários seminários diocesanos têm procurado fortalecer o discernimento espiritual dos jovens por meio de atividades que promovam a pastoral vocacional, para que possam aprofundar o chamado de Deus em suas vidas. Dos 21 seminários existentes no país (incluindo três seminários propedêuticos), 186 alunos estão em preparação, 328 estudam Filosofia e 290, Teologia.

Como destaca o Padre Rivelino Cáceres, Diretor do Departamento do Clero, Seminários, Vocações e Diaconato Permanente, seguindo as orientações da nova Ratio Fundamentalis, “uma vez concluídos os estudos teológicos, realiza-se um ano de experiência pastoral em uma paróquia, sob a orientação do pároco e de uma equipe de formadores de seminário, após o qual se realiza a ordenação sacerdotal”. Atualmente, sete seminaristas estão em processo, enquanto dois em missão, experiência proposta pelos Seminários do Caminho Neocatecumenal.

Embora o número de candidatos ao sacerdócio na Venezuela tenha aumentado este ano, a Conferência Episcopal assegura que mais vocações são necessárias para atender à escassez de padres no país, especialmente nas áreas mais remotas e nas periferias.

Fonte:AgênciaFides

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter