Apelo do Patriarca maronita reafirma a necessidade de separação entre as esferas civil e religiosa

Apelo do Patriarca maronita reafirma a necessidade de separação entre as esferas civil e religiosa

O Líbano somente conseguirá sobreviver à crise sistêmica pela qual vem passando há anos quando mais clara  e  decididamente  estabelecer o limite que distingue o ambiente político e institucional da dinâmica ligada à filiação religiosa. Foi o que afirmou o Patriarca maronita Bechara Boutros Rai, inserindo o apelo ao final da homilia da liturgia eucarística que presidiu no domingo, 17, na igreja da sede patriarcal de Bkerké.

Em seu discurso, o Patriarca também acrescentou que o desenvolvi- mento de uma distinção real entre os processos  políticos  e a dinâmica da afiliação religioso-confessional permitiria ao país se recuperar da crise e retomar a jornada, ao mesmo tempo preservando o atual sistema institucional libanês, baseado na distribuição de cargos institucionais e políticos com base em diferentes afiliações confessionais: “Se temos um verdadeiro estado de direito, um estado que não mistura as esferas civil e religiosa, no qual os políticos não exploram sua tão podemos verdadeiramente dizer que um novo amanhecer se ergueu sobre o Líbano. E, neste caso, nem será necessário mudar o sistema, mas antes respeitar suas disposições.”

A  situação  catastrófica  no país – acrescentou o Patriarca Rai – não pode tolerar novos adiamentos na formação do governo. O último governo libanês em exercício, o do primeiro-ministro Hassan Diab, teve que renunciar após os protestos provocados pelas explosões no porto de Beirute, em 4 de agosto de 2020.

Fonte:AgênciaFides

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter