Confira nossa versão impressa

São Paulo registra 26,6 mil óbitos e 686,1 mil casos de coronavírus

461 mil pessoas já estão recuperadas da COVID-19; taxas de ocupação de UTIs são de 56,4% na Grande SP e 57,8% no estado

São Paulo registra 26,6 mil óbitos e 686,1 mil casos de coronavírus

Nesta sexta-feira (14), o Estado de São Paulo registra 26.613 óbitos e 686.122 casos confirmados do novo coronavírus. Entre o total de casos diagnosticados de COVID-19, 461.041 pessoas estão recuperadas, sendo que 80.279 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 56,4% na Grande São Paulo e 57,8% no Estado (outros dados no link abaixo). O número de pacientes internados é de 11.675, sendo 6.717 em enfermaria e 4.958 em unidades de terapia intensiva, conforme dados das 10h desta sexta (14).

Hoje, dos 645 municípios, houve pelo menos uma pessoa infectada em 643 cidades, sendo 503 com um ou mais óbitos.

Perfil da mortalidade

Entre as vítimas fatais estão 15.354 homens e 11.259 mulheres. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 75,4% das mortes.

Observando faixas etárias, nota-se que a mortalidade é maior entre 70 e 79 anos (6.681), seguida pelas faixas de 60 a 69 anos (6.236) e 80 e 89 anos (5.379). Entre as demais faixas estão os: menores de 10 anos (37), 10 a 19 anos (48), 20 a 29 anos (217), 30 a 39 anos (805), 40 a 49 anos (1.787), 50 a 59 anos (3.634) e maiores de 90 anos (1.789).

Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (59% dos óbitos), diabetes mellitus (43,3%), doenças neurológicas (10,9%) e renal (9,5%), pneumopatia (8,2%). Outros fatores identificados são obesidade (7,2%), imunodepressão (5,7%), asma (3,1%), doenças hepáticas (2,1%) e hematológica (1,9%), Síndrome de Down (0,5%), puerpério (0,1%) e gestação (0,1%). Esses fatores de risco foram identificados em 21.292 pessoas que faleceram por COVID-19 (80%).

Perfil dos casos

Entre as pessoas que já tiveram confirmação para o novo coronavírus estão 319.517 homens e 360.437 mulheres. Não consta informação de sexo para 6.168 casos.

A faixa etária que mais concentra casos é a de 30 a 39 anos (164.032), seguida pela faixa de 40 a 49 (145.452). As demais faixas são: menores de 10 anos (15.082), 10 a 19 (29.254), 20 a 29 (112.221), 50 a 59 (104.345), 60 a 69 (62.942), 70 a 79 (32.313), 80 a 89 (15.856) e maiores de 90 (4.230). Não consta faixa etária para outros 395 casos.

A relação de casos e óbitos confirmados por cidade pode ser consultada no site.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Dom Odilo: ‘Até onde vão o nosso temor de Deus e a nossa fidelidade?’

Na missa desta segunda-feira, 28, celebrada na capela de sua residência, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo...

Como evitar golpes financeiros durante a pandemia?

Federação Brasileira de Bancos (Febraban) alerta para o aumento deste tipo de fraude,  que pode ser evitada seguindo-se algumas dicas do Procon-SP

São Vicente de Paulo, apóstolo da caridade

O Santo, recordado neste 27 de setembro, se preocupava com a ajuda material aos mais necessitados, mas, antes de tudo, com a alma de cada um deles

Paróquia Santa Dulce dos Pobres é criada na Arquidiocese de São Paulo

Uma missa na tarde deste sábado, 26, marcou a criação da 305ª Paróquia da Arquidiocese de São...

Diário Espiritual: um contato cotidiano e profundo com a Palavra de Deus

Prática evita que conhecimento sobre a Bíblia seja superficial e impede uma leitura meramente intelectual

Newsletter