Confira nossa versão impressa

São Paulo ultrapassa 600 mil testes de coronavírus

Foram 525,6 mil procedimentos em pacientes com sintomas leves e 76 mil nos internados; total de casos confirmados é de 181,4 mil

São Paulo ultrapassa 600 mil testes de coronavírus
Agência Brasil

O Governo de São Paulo confirmou nesta terça-feira, 16, que já foram realizados em todo o estado pouco mais de 602 mil testes para identificação do coronavírus em pacientes com suspeita de COVID-19. A meta para as próximas semanas é ampliar ainda mais o número de exames e triplicar o volume de diagnósticos em todo o território estadual.

A Secretaria da Saúde confirmou 602.384 exames realizados pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e por laboratórios e hospitais privados. Até o dia 15, foram testados 525.666 pacientes com sintomas leves de síndromes gripais e outras 76.718 pessoas internadas com suspeita de COVID-19. São Paulo registrava 181.460 casos confirmados da doença até a última segunda, 15.

Segundo os especialistas a testagem em massa é um dos mecanismos mais importantes para reduzir a velocidade de contágio do coronavírus. Assim que o paciente é diagnosticado como caso positivo, ele é isolado e também há monitoramento das pessoas com quem teve contato, permitindo a checagem de novos casos suspeitos com o surgimento de sintomas como tosse seca, febre e falta de ar.

“Nós continuamos investindo na ampliação da testagem. Estamos distribuindo 250 mil kits para que os municípios aumentem o volume de pacientes testados. Isso é importante porque fortalece medidas de vigilância, isolamento e monitoramento”, disse Paulo Menezes, Coordenador do Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde.

“Acreditamos que, nas próximas duas semanas, o volume de testes PCR [exame com coleta de amostras no nariz e na boca] na nossa rede laboratorial vai aumentar significativamente. Nossa perspectiva é que triplique o número de testes por dia dedicados ao SUS nas próximas semanas”, acrescentou Menezes.

Coordenador-Executivo do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, João Gabbardo explicou a importância de diferenciação entre os resultados de exames do tipo PCR e os chamados testes rápidos, que são feitos geralmente com a coleta de uma pequena amostra de sangue.

O primeiro serve para confirmar ou não se a pessoa está com o coronavírus, enquanto o segundo serve para determinar se o paciente já foi contaminado no passado e agora possui anticorpos contra o organismo causador da COVID-19.

“O teste rápido tem utilidade completamente diferente. Ele serve para identificar se a pessoa no passado teve contato com o vírus e se está imunizada, se criou anticorpos. Quem faz o teste rápido e dá negativo significa que ainda não teve contato com a doença e não tem anticorpos. Ele ainda pode adquirir o coronavírus e transmitir para outras pessoas”, completou o médico.

(Com informações de Governo do Estado de São Paulo)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Cardeal Scherer envia saudação ao prefeito reeleito de São Paulo

Em mensagem enviada a Bruno Covas, Arcebispo de São Paulo reitera a necessidade de um governo que não se esqueça dos mais pobres e...

Bruno Covas é reeleito prefeito de São Paulo

Ele foi o mais votado em 50 das 58 zonas eleitorais da cidade, tendo mais de 3,1 milhões de votos O candidato do PSDB à...

Padre Vitor Bertoli: uma vida dedicada à caridade e à promoção humana

No cruzamento da Avenida Rebouças com a Rua Henrique Schaumann e a Avenida Brasil, encontra-se a Igreja Senhor Bom Jesus dos Passos, na Praça...

Católicos coreanos abrem jubileu dos 200 anos do nascimento de São Kim Degun

Na manhã deste domingo, 29, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu uma missa na matriz da Paróquia Pessoal Coreana São...

Como denunciar as fake news e outras irregularidades nas Eleições 2020?

Em sites específicos e até pelas redes sociais é possível ajudar a combater a desinformação neste dia de eleições Neste dia de eleição, eleitores que...

Newsletter