Dom Devair enaltece a capacidade de readaptação dos catequistas

Dom Devair enaltece a capacidade de readaptação dos catequistas
Dom Devair Araújo, com participantes da missa pelo Dia do Catequista (Foto: Padre Roberto Moura)

No sábado, 29 de agosto, na Paróquia São Luís Gonzaga, Setor Pereira Barreto, Dom Devair Araújo da Fonseca, Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Brasilândia, presidiu a missa em ação de graças pelo Dia do Catequista. Concelebrou o Padre Silvio Costa Oliveira, Coordenador Regional da Catequese.

Dom Devair, na homilia, recordou que, antes da atual pandemia, muitos planos foram feitos para as atividades de 2020, mas todos tiveram que replanejar ações, valendo-se da criatividade e reconhecendo a presença constante de Deus em cada um desses acontecimentos. “Se os nossos projetos não puderam ser realizados, bendito seja Deus que nos permitiu criar outras possibilidades”, reforçou.

Nesse sentido, o Bispo ressaltou o trabalho dos catequistas que encontraram novos caminhos para continuar levando a Palavra de Deus a tantas pessoas, mesmo quando o encontro físico se tornou inviável e as orientações de como fazer isso eram escassas.

Por fim, Dom Devair disse que a força de Deus a todos impulsiona para vencer os imprevistos, e desejou que o ano de 2020 não seja apenas lembrado pelas tragédias, mas pelas grandes lições de superação: “Não é um ano para esquecermos, é um ano para tirarmos lições. Acima de tudo, para perceber que os nossos projetos, nossas vontades, precisam estar abertos, sobretudo, à vontade de Deus. Somos chamados a ser testemunhas de Seu amor.”

Texto: Taíse Cortês – COLABORAÇÃO ESPECIAL PARA A REGIÃO

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter