Confira nossa versão impressa

Governo de SP assina contrato de concessão da Usina São Paulo, no Rio Pinheiros

Um dos eixos do Programa Novo Rio Pinheiros, remodelação do complexo prevê implantação de áreas de convivência, comércio e escritórios

Governo de SP assina contrato de concessão da Usina São Paulo, no Rio Pinheiros
Governo de São Paulo

O Governador João Doria anunciou nesta quinta-feira,12, a assinatura de contrato para revitalização da antiga Usina da Traição, firmado entre a Empresa Metropolitana de Águas e Energia S.A. (EMAE) e o consórcio Usina São Paulo SPE S.A.

O grupo venceu a licitação realizada em setembro e será responsável por implementar espaços de uso público na área de 29.804 metros quadrados, incluindo a cobertura do prédio e o entorno.

“O Governo de São Paulo deixa de gastar R$ 12 milhões por ano, que despende com a manutenção da chamada Usina da Traição, agora rebatizada de Usina São Paulo. Neste espaço será construída uma instalação moderna, impactante, com cafés, bares, restaurantes, lojas, academia, museu e o maior cinema ao ar livre da América Latina”, disse Doria. “A concessão da Usina São Paulo é mais um passo no programa de despoluição do Rio Pinheiros, cujo investimento do Governo do Estado, ao lado da Sabesp, beira R$ 4 bilhões”, completou o Governador.

A revitalização é um dos eixos do Programa Novo Rio Pinheiros, que visa despoluir o canal por meio de um grande projeto de saneamento básico e prevê a implantação de áreas de convivência, comércio e escritórios na região. Também está previsto o aproveitamento da cobertura para implantação de restaurante, bar ou lanchonete e mirante aberto permanentemente ao público.

“Com a melhora da qualidade das águas, queremos que a população ocupe as margens do rio para atividades culturais e de lazer. Neste sentido, a parceria com a iniciativa privada será fundamental para a estruturação e manutenção destes espaços”, explica o Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido.

A proposta vencedora da licitação para concessão de áreas da usina, no valor de R$ 280 milhões, representou um ágio de 1.900%, o que demonstra a confiança do mercado no projeto. O critério para julgamento, após as análises técnicas de qualificação, foi o maior preço ofertado para a parcela (outorga) fixa.

O prazo de concessão estabelecido no edital vai até novembro de 2042. Já a remuneração pela concessão será composta de parcelas mensais fixas e variáveis, calculada em percentual do faturamento bruto do empreendimento. O consórcio vai investir R$ 300 milhões nas obras de remodelação do espaço.

“O futuro que se abre para a cidade e para o estado de São Paulo com essa concessão é empolgante. Teremos sim um rio limpo, com espaços de convivência para paulistanos e visitantes, com parques, ciclovias e fauna e flora no coração desta imensa metrópole. Com certeza, o Novo Rio Pinheiros se tornará um exemplo de recuperação para o mundo”, destacou Marcio Rea, Diretor-Presidente da EMAE.

O Consórcio Usina São Paulo é formado pelas empresas Kallis Administração e Participações Eireli, Nacional Shopping Planejamentos e Reestruturação de Shopping Center Ltda. e Concessões e Participações BR Ltda. O contrato foi assinado nesta quarta-feira,11, no Palácio dos Bandeirantes.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Como denunciar as fake news e outras irregularidades nas Eleições 2020?

Em sites específicos e até pelas redes sociais é possível ajudar a combater a desinformação neste dia de eleições Neste dia de eleição, eleitores que...

Eleitores de 57 cidades voltam às urnas neste domingo em todo o país

Na capital paulista, a disputa será entre Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL). Votação acontece até às 17h

Projeto Janelas CASACOR: beleza, sustentabilidade e responsabilidade social

Vitrines estão espalhadas por 13 bairros de São Paulo, sendo quatro delas em comunidades, com uma exposição inclusiva, gratuita, segura

Papa exorta novos cardeais a permanecerem sempre no caminho do Senhor

O Papa Francisco presidiu neste sábado, 28, o Consistório Ordinário Público no qual foram criados 13 novos cardeais. A celebração aconteceu na Basílica de São...

Arquidiocese de São Paulo terá igreja jubilar pelos 200 anos de mártir coreano

No próximo domingo, 29, às 10h30, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidirá uma missa na matriz da Paróquia Pessoal Coreana...

Newsletter