Confira nossa versão impressa

Padre Zito: a parada depois de uma vida de entrega

Padre Zito: a parada depois de uma vida de entrega
Padre Zito irá morar na Casa São Paulo

Ele nasceu no bairro de Santana, na famosa Rua Dr. César. Estudou nos colégios Marillac e São Bento e serviu nas paróquias e comunidades da Região durante os 22 anos de sacerdócio. No domingo, 6, o Padre José Avari Campos, o Padre Zito, como é conhecido, oficializou a aposentadoria, aos 73 anos. A cerimônia de despedida e ação de graças foi na Paróquia Santíssima Trindade, no Setor Casa Verde, onde passou os últimos cinco anos.

Padre Zito foi ordenado no dia 3 de maio de 1998. “Foi uma vocação tardia”, conta. Ele se sentiu chamado durante o Primeiro Encontro de Jovens da Região Norte de São Paulo, quando tinha 25 anos de idade. No entanto, só viria a ser ordenado aos 51.

O Sacerdote começou a atuar pastoralmente ainda como seminarista na Paróquia Nossa Senhora Aparecida, do Parque Edu Chaves. Depois, esteve nas Paróquias Santa Inês, Nossa Senhora Aparecida e São Matias, onde ficou 12 anos como Pároco; Paróquia Nossa Senhora dos Prazeres; foi Capelão da Capela Santa Luzia e, finalmente, atuou na Santíssima Trindade.

“Não me arrependo de nada. Foi o serviço que escolhi. Com a ajuda das comunidades, dos leigos e a intercessão de Maria, que colocou Jesus crucificado no colo, realizamos essa missão com alegria e disposição. Ser padre é acompanhar, servir a comunidade. Estar sempre junto. Isso é o que nos motiva a nos preocupar com o próximo. Apesar das tristezas, de algumas injustiças, não me arrependo. Nesse tempo, eu posso ter levado muitas pessoas a Jesus e ajudei a Igreja a ser instrumento de paz, justiça e amor.”

Como acontece com os que doam a vida a serviço do Evangelho, Padre Zito não acumulou bens em mais de duas décadas como sacerdote. Não tem um imóvel próprio e, assim, irá morar na Casa São Paulo, que pertence à Arquidiocese e é um lugar de repouso dos padres idosos.

Durante a missa de despedida na Santíssima Trindade, o Padre Victor Santana Milagres Fernandes, Pároco, agradeceu à imensa generosidade do Padre Zito por meio do seu sacerdócio.

Edmilson Fernandes COLABORADOR DE COMUNICAÇÃO DA REGIÃO

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Projeto Janelas CASACOR: beleza, sustentabilidade e responsabilidade social

Vitrines estão espalhadas por 13 bairros de São Paulo, sendo quatro delas em comunidades, com uma exposição inclusiva, gratuita, segura

Papa exorta novos cardeais a permanecerem sempre no caminho do Senhor

O Papa Francisco presidiu neste sábado, 28, o Consistório Ordinário Público no qual foram criados 13 novos cardeais. A celebração aconteceu na Basílica de São...

Arquidiocese de São Paulo terá igreja jubilar pelos 200 anos de mártir coreano

No próximo domingo, 29, às 10h30, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidirá uma missa na matriz da Paróquia Pessoal Coreana...

Celam e Cáritas pedem mais solidariedade pelas populações atingidas por catástrofes

Desastres naturais têm assolado os moradores de alguns países da América Latina e no Caribe

‘Caminhemos na fé e na esperança, com os olhos voltados para o Senhor que vem’

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu a missa na manhã deste sábado, 28, na capela de sua residência, transmitida pela...

Newsletter