Confira nossa versão impressa

Semana Nacional de Trânsito foca a preservação de vidas

A meta é conscientizar a população sobre a importância da mudança de atitude, ressaltando que cada um é responsável pela segurança de todos

Semana Nacional de Trânsito foca a preservação de vidas

Com o tema “Perceba o risco, proteja a vida”, começa nesta sexta-feira, 18, e vai até o dia 25, a Semana Nacional de Trânsito (SNT). Durante este período, ações em todo o País serão realizadas pelos órgãos do Sistema Nacional de Trânsito, com o objetivo de conscientizar motoristas, passageiros, motociclistas, ciclistas e pedestres.

O foco é chamar a atenção sobre os perigos e outros riscos à saúde do cidadão. A realização da SNT 2020 coincide com o fim da década de Ações pelo Trânsito Seguro, proposta pela Organização das Nações Unidas (ONU), na qual os governos dos diferentes países se comprometeram a tomar medidas para prevenir os acidentes, que matam cerca de 1,25 milhão de pessoas por ano no mundo.

PRESERVAÇÃO DE VIDAS

Em 2020, a campanha brasileira terá ações de conscientização voltadas para educação, engenharia e fiscalização de trânsito, seguindo as recomendações do Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito.

Como os acidentes constituem uma das maiores causas de mortes no mundo, a meta da semana é conscientizar a população sobre a importância da mudança de atitude, ressaltando que cada um é responsável pela segurança de todos e, por isso, deve perceber os riscos e proteger a própria vida e a dos demais ao seu redor.

“Espera-se que as pessoas adotem novos comportamentos, valorizando a vida e, assim, seja possível reduzir o elevado número de lesões e de mortes causadas pelos acidentes de trânsito no Brasil”, ressalta o Departamento Nacional de Trânsito.

NÚMEROS AINDA SÃO ALTOS

Segundo o Ministério da Saúde, os números preliminares de mortes por acidentes de trânsito no Brasil em 2019 mostraram que 30.371 pessoas morreram em decorrência do trânsito brasileiro. O número é 7,5% menor que o registrado em 2018. Essa tendência de queda vem se mostrando contínua e estável. Em 2017, foram 35.374 mortes, 7,7% a mais que em 2018, mas os números ainda são muito altos.

Conforme os dados do Ministério da Saúde, os motociclistas foram os que mais perderam a vida nas vias e rodovias do Brasil. Foram 10.674 mortos nessa condição. Em seguida, estão os ocupantes de automóveis (6.640) e os pedestres (5.199). A faixa etária mais vulnerável, está entre 20 e 29 anos.

SITUAÇÃO EM SÃO PAULO

Semana Nacional de Trânsito foca a preservação de vidas
Agência Brasil

Neste ano, o Governo de São Paulo, por meio do programa Respeito à Vida, ligado ao Detran-SP, mobiliza dez secretarias para promover ações de conscientização e fiscalização. O objetivo é incentivar o comportamento responsável e cidadão para evitar acidentes que, a cada ano, provocam a perda de mais de 5 mil vidas em todo Estado. 

Apesar das constantes reduções nos índices apontadas pelo Infosiga SP, sistema de dados que publica mensalmente estatísticas de acidentes e fatalidades, as ocorrências de trânsito ainda matam duas vezes mais do que os homicídios e são a principal causa externa de morte no estado. Na comparação entre 2015 – início da série histórica do Infosiga SP – e 2019, a redução foi de 16%.

No último ano, houve 1.029 mortes a menos do que registrado em 2015. Além disso, mesmo com um terço da frota e um terço dos condutores habilitados do Brasil, São Paulo tem a segunda menor taxa de óbitos por 100 mil habitantes (12,2 óbitos), enquanto a média nacional é de 15,7 mortes por 100 mil habitantes. 

PROGRAMAÇÃO DIGITAL

Por causa das medidas de isolamento social para enfrentamento do novo coronavírus, este ano a Semana Nacional de Trânsito ocorrerá em formato digital e será denominada “O Detran na sua vida”. A iniciativa traz também o tema das campanhas educativas para este ano. A Programação completa da SNT 2020 por todo o país está disponível no site.

(Com informações de Agência Brasil, Detran-SP e Ministério da Saúde)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

As mulheres não devem ter voz na Igreja?

Hoje respondo a essa dúvida do Reginaldo de Assis, de São Roque (SP): “Gostaria de entender melhor um trecho da Bíblia que...

Sobre o terrorismo que destruiu templos católicos no Chile

Acordei com as cenas de uma igreja chilena ardendo em chamas. Em nome de ideologias, jovens terroristas...

Solenidade de Todos os Santos

Celebrando Todos os Santos e os Fiéis Defuntos, respectivamente, pedimos a intercessão da Igreja que já triunfa no Céu e oferecemos sufrágios...

Escolas comunitárias: um direito dos pais na educação de seus filhos

No dia 15 de outubro de 2020, o Papa Francisco enviou uma mensagem a todos os líderes mundiais envolvidos com a educação...

Comunhão dos Santos

Ao longo deste mês de outubro, o nome de Carlo Acutis – beatificado no último dia 10, em Milão, na Itália –...

Newsletter