Confira nossa versão impressa

SP arrecada R$ 96 milhões para dobrar produção de vacina contra o coronavírus

Estado coordena campanha de arrecadação no setor privado com meta de R$ 130 milhões para custear nova fábrica do Instituto Butantan

SP arrecada R$ 96 milhões para dobrar produção de vacina contra o coronavírus
Governo do Estado de SP

O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira, 29, a arrecadação de R$ 96 milhões em doações privadas para a construção de uma fábrica para produção exclusiva da vacina contra o coronavírus. A meta é alcançar R$ 130 milhões para dobrar a atual capacidade do Instituto Butantan, que é de 120 milhões de doses por ano contra o agente da COVID-19.

“O trabalho de pesquisadores brasileiros, coordenado pelo Instituto Butantan, se tornou uma esperança não apenas para São Paulo, mas também para o Brasil e, vale acrescentar, igualmente os países latino-americanos”, disse o Governador. Doria também reforçou o agradecimento aos doadores que já viabilizaram 74% da meta estimada para a nova fábrica. “Nosso muito obrigado pelo gesto e pela atitude.”

A potencial vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac está em etapa final de testes clínicos no Brasil por meio de parceria com o Governo de São Paulo. “O Butantan participa do desenvolvimento da vacina. A vacina foi desenvolvida pela Sinovac e o Butantan é o responsável por essa fase, é quem financia e controla o estudo”, disse o Diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.

A testagem coordenada pelo Butantan envolve 9 mil profissionais de saúde que se apresentaram como voluntários a 12 centros de pesquisa médica e científica de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Distrito Federal. A conclusão é estimada para o final de outubro ou início de novembro.

Caso a última etapa de testes comprove a eficácia da vacina, o acordo entre Sinovac e Butantan prevê a transferência de tecnologia para produção do imunizante no Brasil. Assim, o Governo de São Paulo iniciou uma campanha de doações para construir a nova fábrica do Butantan em um prazo estimado de 10 meses.

O objetivo é garantir a posição do Brasil como produtor e distribuidor da vacina na América do Sul tão logo a testagem indique o sucesso da imunização em humanos. Nesta quarta, o Comitê Empresarial Econômico coordenado pelo Governo de São Paulo confirmou três novas doações no valor total de R$ 16 milhões para erguer a nova fábrica.

A campanha vai prosseguir até o final de agosto para que os R$ 34 milhões restantes sejam arrecadados com apoio de empresas e grupos filantrópicos privados. As doações serão transferidas integralmente à Fundação Butantan e verificadas por empresas de consultoria de atuação global para reforçar a transparência da iniciativa.

- publicidade -

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Compartilhe!

Últimas Notícias

Com o fim da MP 927, reajustes de contratos de trabalho podem ser necessários

Após ganhos de produtividade, empresas têm optado pelo teletrabalho como expediente permanente Adotada em...

Atentado na Catedral de Manágua destrói capela e danifica crucifixo de 382 anos

Papa Francisco lamentou o fato e expressou sua proximidade aos cristãos na Nicarágua Um...

Dom Jaime Fuentes denuncia projeto de lei sobre a eutanásia e o suicídio assistido no Uruguai

A vida humana possui a maior das dignidades e, portanto, reclama o maior dos cuidados. Decidir cada um por sua conta quando...

Francisco: o perdão de Deus gera paraíso. Apelo pelo trabalho

Nas saudações pós-Angelus, o Papa recordou que hoje poderá ser recebida a indulgência plenária nas igrejas franciscanas e nas paróquias em todo...

‘Levemos sempre Jesus conosco no barco de nossas vidas’

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu a missa desta segunda-feira, 3, na capela...

Newsletter