Confira nossa versão impressa

‘Todos somos interpelados diante de Jesus e devemos tomar uma posição’

‘Todos somos interpelados diante de Jesus e devemos tomar uma posição’

Na missa desta sexta-feira, 25, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, chamou a atenção para a indagação que Jesus faz a cada cristão a seu respeito, o que exige uma sincera profissão de fé

A Eucaristia, celebrada na capela de sua residência, na região central da capital paulista, foi transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

O Evangelho do dia novamente provoca a reflexão sobre quem é Jesus.  Desta vez, o próprio Cristo questiona aos discípulos sobre o que as pessoas dizem a seu respeito e, em seguida pergunta: “E vós, quem dizeis que eu sou?” Pedro, por sua vez, respondeu com confissão de fé: “O Cristo de Deus”.

Na homilia, Dom Odilo explicou que a pergunta de Jesus indica a interpelação feita a todas as pessoas. “Diante de Jesus ninguém pode ficar indiferente. A quem o reconhece como o Cristo de Deus, nosso salvador, aquele que foi enviado para ser o pontífice entre o céu e a terra, caminho, verdade e vida. Aquele que, de fato, nos leva ao Pai. Outros tentam usar de Jesus, vem nele um bom ‘negócio’, ocasião para se enriquecer ou para ter fama. Há, ainda aqueles que se ferem a Jesus xingando, desprezando, tramando contra ele”, afirmou.

“Todos somos interpelados diante de Jesus e devemos tomar uma posição”, reforçou o Cardeal, indicando a resposta de Pedro como exemplo a ser seguido pelos cristãos. Ele lembrou, ainda, que Jesus não veio para ser o rei esperado pelos judeus, mas aquele que veio para unir, salvar, resgatar o que estava perdido e manifestar a misericórdia do Pai.

O TEMPO DE DEUS

Em seguida, o Arcebispo, ressaltou que, o mesmo trecho bíblico mostra que, depois de ouvir as palavras de Pedro, Jesus acrescentou: “O Filho do Homem deve sofrer muito, ser rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e doutores da Lei, deve ser morto e ressuscitar no terceiro dia”.

O Cardeal meditou, ainda, sobre a primeira leitura (Ecl 3,1-11), que traz uma reflexão sobre o tempo, destacando que “há um momento oportuno para tudo o que acontece debaixo do céu”.

“O tempo é graça de Deus, é oportunidade é este momento que Ele nos dá para vivermos e o qual devemos acolher a cada dia, com o coração repleto de alegria, preenchendo de coisas boas. Quando passar o nosso tempo, O Senhor nos dará, se assim o merecermos de participar da vida eterna”, concluiu.

Nesse sentido, Dom Odilo exortou todos a manterem a calma diante das situações difíceis e sublinhou as palavras do Salmo 143, que indaga: “Que é o homem, Senhor, para vós? Por que dele cuidais tanto assim, e no filho do homem pensais? Como o sopro de vento é o homem, os seus dias são sombra que passa”.

“Vivamos bem cada etapa de nossas vidas. Vivamos bem o tempo que Deus nos dá”, concluiu o Arcebispo.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Missionários Claretianos comemoram 125 anos de presença no Brasil

Uma missa presidida pelo Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, na Paróquia Imaculado Coração de...

Prefeitura pede que no Dia de Finados cerimônias religiosas em cemitérios ocorram em espaços abertos

Em nota divulgada à imprensa na tarde da segunda-feira, 26, a Prefeitura de São Paulo recomendou que...

‘Acolhamos com fé a semente e o fermento do Reino de Deus’

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu a missa desta terça-feira, 27, na capela...

Conheça os novos cardeais do Papa Francisco

Entre eles estão os arcebispos de Washington (EUA) e de Santiago do Chile Três...

Capela São Camilo de Lellis é a presença da Igreja no Hospital do Mandaqui

O templo localizado no hospital da zona Norte de São Paulo é o último retratado na série especial de reportagens do O...

Newsletter