Vaticano deve aprovar criação de novos institutos religiosos

A ideia é que haja melhor discernimento, pois esses grupos servem a toda a Igreja

Vaticano deve aprovar criação de novos institutos religiosos
Religiosas em Luanda, Angola Foto: Vatican Media

O Papa Francisco mudou as regras para a criação de novos institutos religiosos na Igreja. Em motu próprio (decreto) publicado no dia 1° de novembro, ele afirma que os bispos diocesanos podem acompanhar o nascimento de novos institutos, porém sua aprovação oficial agora deverá ser submetida à Santa Sé.

A ideia é que haja melhor discernimento, pois esses grupos servem a toda a Igreja, e não só a um território. Assim, pode-se evitar “que surjam imprudentemente institutos inúteis ou desprovidos desuficiente vigor”, diz o Papa. O objetivo é acompanhar os bispos em seu discernimento a identificar “a autenticidade da finalidade inspiradora” de novas organizações.

O decreto diz respeito a congregações e sociedades de vida apostólica. As associações de fiéis, chamadas informalmente de “novas comunidades”, seguem regulamentação diferente. (FD)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter