Confira nossa versão impressa

Devemos recuperar a ‘centralidade do ser humano’, diz Cardeal

A crise humanitária provocada pela atual pandemia de COVID-19 é um convite a repensar prioridades e urge “recuperar a centralidade do ser humano e redefinir suas responsabilidades”, afirma o Cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado do Vaticano, em carta enviada à Universidade Católica do Sacro Cuore, na segunda-feira, 21.

“A pandemia está condicionando a vida de toda a humanidade”, recordou. Por isso, todas as áreas do conhecimento, da Economia ao Direito, Filosofia e outras ciências, devem propor critérios de desenvolvimento que tragam o ser humano de volta ao centro das ações e dos objetivos.

“Desafios enormes ligados ao ambiente, à educação, às migrações exigem análises e soluções inovadoras inspiradas no bem integral da pessoa, na justiça, na fraternidade e na pacífica convivência entre os povos”, declara o Cardeal. Somente com a colaboração e novas formas de sinergia será possível formar “aliados para o futuro”, diz.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

‘Vivemos para amar a Deus e morremos para ir ao encontro de Cristo’

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu a missa na manhã deste sábado, 31,...

Indulgência plenária do Dia de Finados poderá ser obtida durante todo o mês de novembro

No dia 2, a Igreja incentiva os fiéis a rezar pelas almas que ainda não chegaram ao Céu, mas estão se purificando...

Fratelli tutti e as polêmicas considerações sobre o neoliberalismo e o populismo

Fratelli tutti (FT) é uma encíclica social, voltada aos problemas socioeconômicos do mundo atual, regido pela economia de mercado. Nesse sentido, chama...

Rede Vida lança canais com programação educativa gratuita

Desde o dia 1º de outubro, a Rede Vida de Televisão iniciou um projeto que marca as...

Papa impõe o pálio no novo Patriarca latino de Jerusalém

Nomeado Patriarca em 25 de outubro, até então, Dom Pierbattista Pizzaballa, exercia o ofício de Administrador Apostólico do Patriarcado

Newsletter