Hoje a Igreja recorda Nossa Senhora das Neves

A Mãe de Deus apareceu a um casal na noite de 4 de agosto – em pleno verão – e lhes disse que desejava que fosse construída uma Basílica no Monte Esquilino, uma das sete colinas de Roma, no local onde ela indicaria enviando neve

Reprodução

Segundo a tradição, por volta do século IV, um casal piedoso que morava em Roma tinha sido abençoado por sua formação cristã e muitos bens materiais. No entanto, não tinham filhos com quem compartilhar esses dons.

Durante anos, rezaram para que o Senhor os abençoasse com um filho, para quem deixar toda a herança, mas não obtinham nenhum resultado. Finalmente, decidiram nomear Nossa Senhora como herdeira e pediram com grande fervor que ela os guiasse.

Em resposta, a Mãe de Deus apareceu a eles na noite de 4 de agosto – em pleno verão – e lhes disse que desejava que fosse construída uma Basílica no Monte Esquilino, uma das sete colinas de Roma, no local onde ela indicaria enviando neve. Da mesma forma, a Virgem Maria apareceu ao papa Libério com uma mensagem semelhante.

Em 5 de agosto, enquanto o sol de verão brilhava, a cidade ficou admirada ao ver um terreno com neve no Monte Esquilino. O casal foi feliz para ver o que havia acontecido e pontífice fez o mesmo em solene procissão.

A neve cobria o espaço que deveria ser usado para construir o templo e desapareceu depois. O papa Libério colocou as primeiras fundações da basílica no perímetro que ele próprio desenhou e o casal contribuiu com o financiamento da construção.

Mais tarde, após o Concílio de Éfeso, no qual Maria foi proclamada como Mãe de Deus, sobre a Igreja precedente, o papa Sisto III construiu a atual Basílica de Santa Maria Maior. Com o tempo, foram feitas renovações, restaurações, ampliações e novas construções, mas tudo em honra à Santíssima Virgem.

Para comemorar o famoso milagre, no dia da festa os fiéis lançam pétalas de rosas do alto da cúpula durante a celebração da missa.

O dia dedicado a Nossa Senhora das Neves é 5 de agosto. Esta festa se espalhou por toda Roma durante o século XIV e depois São Pio V a declarou como festa universal no século XVII.

(Com informações de acidigital)

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter