Vacinação contra a COVID-19: Estado de SP começa a vacinar pessoas de 45 a 49 anos com comorbidades

Pessoas com deficiência permanente também estão incluídas

Agência Brasil

O estado de São Paulo começou na sexta-feira, 21, a vacinar pessoas de 45 a 49 anos com comorbidades e aquelas com deficiência permanente que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Na capital paulista, a vacinação desses dois grupos começou na quinta-feira, 20.

É necessário apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF – Cadastro de Pessoa Física) e comprovante de condição de risco (exames, receitas, relatório ou prescrição médica), contendo a inscrição do médico no Conselho Regional de Medicina (CRM).

Já os beneficiários do BPC precisam ter em mãos o comprovante do recebimento do benefício, documento de identificação (preferencialmente CPF), comprovante da deficiência (laudo médico que indique a deficiência; cartão de gratuidade no transporte público indicando a deficiência; documentos comprobatórios de atendimento em centros de reabilitação ou unidades especializadas no atendimento de pessoas com deficiência e documento oficial de identidade com a indicação da deficiência).

Ritmo de vacinação

De acordo com levantamentos de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde, até às 20h da quinta-feira-feira, 20, um total de 41.097.928 pessoas já receberam a 1a dose da vacina contra a COVID-19, o que representa 19,41% da população brasileira.

Já a 2a dose foi aplicada em 20.208.975 pessoas (9,54% da população), num total de mais de 61.306.903 pessoas em todos os estados e no Distrito Federal.

A imunização em São Paulo

Até às 20h da quinta-feira, 20, um total de 10.173.285 pessoas já tinham recebido a 1a dose da vacina contra a COVID-19 no estado de São Paulo. Já a 2a dose foi aplicada em 5.209.932 milhões de pessoas no território paulista.

Na segunda-feira, 17, foi retomada a vacinação de grávidas e puérperas maiores de 18 anos com comorbidades, com doses da Pfizer e CoronaVac, após a suspensão da imunização desse grupo com doses da AstraZeneca/Oxford, depois do relato de efeitos adversos. Também foi liberada a vacinação de profissionais da saúde autônomos com mais de 30 anos.

Na terça-feira, 18, começaram a ser vacinados motoristas e cobradores de ônibus. Na próxima semana, a partir do dia 28, deve começar a vacinação de pessoas de 40 a 44 com comorbidades ou com deficiência permanente que recebem o BPC.


LISTA DE COMORBIDADES
– Insuficiência cardíaca
– Cor-pulmonale e hipertensão pulmona
– Cardiopatia hipertensiva
– Síndrome coronariana
– Valvopatias
– Miocardiopatias e pericardiopatias
– Doença da aorta, dos grandes vasos e fístolas arteriovenosas
– Arritmias cardíacas
– Cardiopatias congênitas no adulto
– Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
– Diabete mellitus
– Pneumopatias crônicas graves
– Hipertensão arterial resistente
– Hipertensão arterial estágio 3
– Hipertensão estágios 1 e 2 com lesão de órgãos alvos
– Doença cerebrovascular
– Doença renal crônica
– Imunossuprimidos
– Anemia falciforme
– Obesidade mórbida
– Cirrose hepática
– HIV

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter