Maiores de 18 anos já podem receber a dose de reforço em SP

Toda a rede de imunização está aberta e receberá os adultos que receberam a segunda dose até 27 de abril; na sexta um novo grupo é convocado

Governo do Estado de SP

Na quinta-feira, 18, a cidade de São Paulo começa a aplicar a dose adicional para os munícipes maiores de 18 anos que receberam a segunda dose (D2) dos imunizantes Coronavac, Astrazeneca e Pfizer. Todos aqueles que receberam a D2 até o dia 27 de abril podem comparecer aos postos de vacinação.

Estão abertas as 469 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e 82 Assistências Médicas Ambulatoriais integradas com UBSs, as AMAs/UBSs Integradas, das 7h às 19h, além dos megapostos, drive-thrus e farmácias parceiras, das 8h às 17h.

Na sexta-feira, 19, é a vez dos que tomaram a segunda dose até o dia 17 de junho.

Nestes dois grupos, são esperadas pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) mais 800 mil pessoas, que receberão o imunizante da Pfizer.

Na capital, já encontra-se em andamento a vacinação em dose adicional para os trabalhadores da Guarda Civil Metropolitana (GCM), sepultadores do serviço funerário e agentes fiscalizadores das subprefeituras, idosos com mais de 60 anos, profissionais de saúde com mais de 18 anos e de educação com mais de 40 anos, desde que tenham tomado a última dose do ciclo vacinal (segunda dose ou dose única) há pelo menos seis meses, além de adultos com alto grau de imunossupressão que receberam a última dose há pelo menos 28 dias.

Para evitar aglomerações, recomenda consultar o site De Olho na Fila e verificar a movimentação de pessoas nas unidades antes de realizar o deslocamento. A plataforma também informa onde encontrar os imunizantes para aplicação da segunda dose.

Documentação

É obrigatório apresentar um documento de identificação, preferencialmente CPF e cartão SUS, além de comprovante de residência no município de São Paulo e o cartão de imunização contra Covid-19, no caso de segunda dose ou dose adicional.

Profissionais de saúde e educação devem apresentar um documento que comprove o vínculo empregatício, bem como os trabalhadores da GCM, sepultadores do serviço funerário e agentes fiscalizadores das subprefeituras.

VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 NA CAPITAL

Megapostos, drive-thrus e farmácias: vacinação D1, D2 e DA. Funcionamento das 8h às 17h.
Unidades Básicas de Saúde (UBSs): vacinação D1, D2 e DA. Funcionamento das 7h às 19h.
AMAs/UBSs Integradas: vacinação D1, D2 e DA. Funcionamento das 7h às 19h.

A lista completa de endereços dos postos de vacinação está na página Vacina Sampa.

(Com informações de Prefeitura de SP)

Deixe um comentário