Por que amamos tanto Maria?

Neste ano, iniciamos o mês de maio, especial- mente dedicado a Nossa Senhora, ainda vivendo o grande júbilo do Tempo Pascal – e essa confluência das celebrações serve para nos recordar que o lugar de Maria na religião católica só se compreende com os olhos voltados ao “mistério divino da salvação”, pelo qual Deus mandou ao mundo seu Filho eterno, feito carne e nascido de mulher, para redimir os homens, constituindo-os em seu corpo místi- co (Lumen gentium, 7.52). De … Leia mais

As eleições e a conversão

Cidadania é sinônimo de responsabilidade e solidariedade. E isso vale para todos, deve ser uma verdade muito íntima, muito querida, pelos que creem que o mundo é fruto do amor de Deus e que todas as pessoas, criadas por amor, têm uma profunda dignidade a ser respeitada e valorizada. Para um cristão – que se sabe filho de Deus e, consequentemente, responsável por conduzir o mundo a Deus –, as eleições são uma ocasião de conversão, de retorno a Deus. … Leia mais

Somos filhos de Deus

A Páscoa é, para nós, cristãos, um evento tão fundamental que sua celebração é mantida ao longo de oito dias como se se tratasse de um só: ao longo de toda esta Oitava, a Santa Missa é oferecida em ação de graças “neste dia em que Cristo, nossa Páscoa, foi imolado”. Retornemos, então, àquela solene liturgia do Sábado Santo, e àquele convite de “ouvir, no recolhimento desta noite”, a narração de “como Deus salvou seu povo”, e continua agindo para … Leia mais

A realidade sobre o aborto

Ganharam as manchetes, na semana que passou, as novas declarações do ex-presidente Lula sobre o aborto. No dia 5, em evento na Fundação Perseu Abramo, o presidenciável disse que o aborto “deveria ser transformado em uma questão de saúde pública e todo mundo ter direito [a ele] e não vergonha”. Dois dias depois, e diante da efervescência de manifestações contrárias, Lula apresentou su- postos fundamentos para sua posição: “Mesmo eu sendo contra o aborto, ele existe (…). É apenas uma … Leia mais

Horrores da Guerra

Neste último fim de semana, o mundo assistiu atônito às imagens vindas de Bucha, a cidade ucraniana perto de Kiev, recém-abandonada pelas forças russas: dezenas de cadáveres de civis jogados às ruas, alguns deles com as mãos atadas e com sinais de maus tratos e execuções. O próprio Papa ficou sabendo da notícia na entrevista que concedeu em seu voo de regresso de Malta, por meio da pergunta de um jornalista. Em sua resposta, ressaltou mais uma vez a tristeza … Leia mais

Crises de santos

Nos primeiros anos do século XIII, a Igreja passava por um momento bastante delicado em toda a Europa. Muitos fiéis já não tinham mais clareza sobre a doutrina católica, e até mesmo alguns sacerdotes não levavam suas vidas à altura do Evangelho. A própria paz interna se via ameaçada, ocasionalmente, por guerras fratricidas entre povos cristãos, e alguns desvios e abusos nas Cruzadas minavam a confiança do povo cristão nos cavaleiros que se propunham a defender os peregrinos à Terra … Leia mais

Se eu não tiver caridade, não sou nada

“Antes de tudo, mantende entre vós uma ardente caridade, porque a caridade encobre uma multidão dos pecados” (1Pe 4,8; cf. Pr 10,12). Concluindo esta série de reflexões sobre as três obras quaresmais que a Igreja nos propõe para este tempo forte de conversão, dedicaremos este editorial ao tema da caridade. É verdade que a santidade consiste, antes de tudo, na intimidade com Deus – o maior dos mandamentos, afinal, é aquele “Amarás o Senhor, teu Deus, com todo o teu … Leia mais

O sentido humano e cristão da penitência corporal

Há muitos por aí que se comportam como inimigos da cruz de Cristo. O fim deles é a perdição, o deus deles é o estômago, a glória deles está no que é vergonhoso. Só pensam nas coisas terrenas! (cf. Fl 3,18-19). Nesta sequência de reflexões sobre as três obras quaresmais, gostaríamos de tratar do tema da penitência corporal, que os nossos antepassados cristãos apelidaram de jejum. Falar de penitência no século XXI é como tentar vender guarda-chuvas no deserto: o … Leia mais

Oração

Lembra-te, ó homem, de que és pó, e ao pó retornarás! (cf. Gn 3,19). Começamos a Quaresma, e a Igreja, como uma boa mãe, quer ajudar seus filhos a estarem prontos para o desafio de uma vida bem vivida, fugindo dos prazeres fáceis e transitórios e lutando pelo bem que real- mente permanece. Por isso, e inspirada no conselho de Cristo (Mt 6,1-6.16-18), a tradição católica sempre recomendou três obras quaresmais: resumidas sob os nomes oração, jejum e esmola. Nesse … Leia mais

Fraternidade e Educação

A Igreja Católica, ciosa de sua missão como dispensadora dos bens espirituais, tem consciência de que sua presença no mundo também deve promover, a exemplo e a pedido de Jesus Cristo, a vida, a família, a dignidade humana, a igualdade de oportunidades e de direitos, a solidariedade, a justiça e a paz, entre tantos outros valores muito próprios do Cristianismo. Nesse sentido, a Igreja Católica em nosso País, sob as diretrizes da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), procura … Leia mais