Confira nossa versão impressa

A Santa Sé e o Serviço ao Desenvolvimento Humano Integral

O Papa Francisco constituiu no Vaticano, em 2016, o Dicastério (organismo) para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, com a missão de promover o desenvolvimento da pessoa à luz do Evangelho. Atuará nas áreas relacionadas com as migrações, os necessitados, os enfermos, as vítimas dos conflitos armados e desastres naturais, os encarcerados, os desempregados e os que sofrem qualquer forma de escravidão e de tortura. Também recolherá informações e resultados de pesquisa sobre a justiça e a paz, o desenvolvimento dos povos, a promoção e proteção da dignidade humana e dos direitos humanos; avaliará esses dados e informará às Conferências Episcopais suas conclusões, oferecendo material de estudo e apoio. Poderá estabelecer relações com associações, instituições e organizações não governamentais, mesmo fora da Igreja Católica, comprometidas com a promoção da justiça e da paz. 

O nome do novo organismo tem a designação de Humanismo Integral. Essa expressão remonta a obra de J. Maritain (1882-1973), literato e filósofo francês convertido ao catolicismo. Para ele, o verdadeiro humanismo manifesta a grandeza criacional da pessoa, desenvolve suas forças internas e transforma a realidade humana em caminhos para a liberdade. 

Na Encíclica Caritas in Veritate (CV), Bento XVI considerou o humanismo integral nessa mesma direção, levando a compreender que a adesão aos valores do Cristianismo é um elemento útil e mesmo indispensável para a construção da sociedade (CV 4), pois a Igreja quando anuncia, celebra e atua na caridade, tende a promover o desenvolvimento integral do ser humano (CV 9). A vocação cristã a tal desenvolvimento compreende tanto o plano natural como o plano sobrenatural, não sendo suficiente progredir apenas do ponto de vista econômico e tecnológico.

Afirma Francisco, na Laudato Si ’ (LS), que as diretrizes para a solução de nossa crise socioambiental requerem uma abordagem integral para combater a pobreza, devolver a dignidade aos excluídos e, simultaneamente, cuidar da natureza (LS 139), em vista do bem comum que desempenha um papel central e unificador na ética social (LS 156). O bem comum pressupõe o respeito pela pessoa humana enquanto tal, com direitos fundamentais e inalienáveis orientados para o seu desenvolvimento integral (LS 157). Uma ecologia integral exige que se dedique algum tempo para recuperar a harmonia serena com a criação, refletir sobre o nosso estilo de vida e os nossos ideais, contemplar o Criador, que vive entre nós e se manifesta naquilo que nos rodeia (LS 225). Uma ecologia integral é feita também de simples gestos cotidianos, pelos quais quebramos a lógica da violência, da exploração e do egoísmo (LS 230). 

Chamemos de humanismo integral ou de ecologia integral, o que importa é a visão que o Papa Francisco deseja manifestar com esse novo Dicastério. O cristão está sim na sociedade, não é separado, participa de tudo, vive tudo, envolve-se em todos os ambientes e não se coloca acima ou fora da realidade, mas vive intensamente o cotidiano. É melhor correr o risco de se sujar com a realidade do que viver distanciado dela. Quanto mais entramos nos dramas sociais, mais entenderemos que Deus se fez homem e veio nos trazer um humanismo ou uma ecologia integral.
 

Colunas relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Colunas

Missionários Claretianos comemoram 125 anos de presença no Brasil

Uma missa presidida pelo Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, na Paróquia Imaculado Coração de...

Prefeitura pede que no Dia de Finados cerimônias religiosas em cemitérios ocorram em espaços abertos

Em nota divulgada à imprensa na tarde da segunda-feira, 26, a Prefeitura de São Paulo recomendou que...

‘Acolhamos com fé a semente e o fermento do Reino de Deus’

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu a missa desta terça-feira, 27, na capela...

Conheça os novos cardeais do Papa Francisco

Entre eles estão os arcebispos de Washington (EUA) e de Santiago do Chile Três...

Capela São Camilo de Lellis é a presença da Igreja no Hospital do Mandaqui

O templo localizado no hospital da zona Norte de São Paulo é o último retratado na série especial de reportagens do O...

Newsletter