Eleições 2020 em São Paulo: posicionamento da ADCE-SP

Os maiores impactos para o desenvolvimento do empreendedorismo e do setor empresarial como um todo, na percepção da ADCE – Associação de Dirigentes Cristãos de Empresa de São Paulo, são:

Burocracia: atrasa, inibe e dificulta as ações empresariais e muitas vezes propicia, negativamente, a venda de facilidades.

Educação: é preciso haver programas educacionais isentos de ideologia; valorização dos professores por meio da meritocracia; acesso a novas tecnologias com escolas adequadas a atual realidade, formando profissionais que atendam às demandas do mercado; permitir acesso ao trabalho como complementação do conhecimento do aluno, reforçando programas como do “Jovem Aprendiz”.

Transporte: a maior parte dos trabalhadores investe grande parte do seu tempo produtivo dentro dos transportes fazendo-os chegar ao trabalho já fatigados, gerando um enorme custo para as empresas e para o Estado. É necessário maior investimento na ampliação e conclusão das obras iniciadas e cumprimento da lei com relação a modernização e manutenção da frota.

Saúde: dada a falta de investimento do Estado no sistema de saúde, o que gera precariedade no atendimento, as empresas socialmente responsáveis arcam com custos de planos de saúde particular, desviando sua capacidade de investir no seu crescimento e na geração de novos postos de trabalho.

Gigi Cavalieri, presidente da Associação de Dirigentes Cristãos de Empresa de São Paulo (ADCE-SP)

Colunas Relacionadas

Eleições 2020 em São Paulo: posicionamento da ADCE-SP

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Colunas

Assine nossa Newsletter