Crianças em vulnerabilidade estão nas intenções de oração do Papa neste mês

Crianças em vulnerabilidade estão nas intenções de oração do Papa neste mês, Jornal O São Paulo
Reprodução

Crianças que diariamente sofrem com a rejeição, a pobreza, a miséria e todos os tipos de conflitos estão nas intenções de oração do Papa Francisco neste mês de novembro, conforme a mensagem de vídeo divulgada pelo Vaticano no começo desta semana. 

O Pontífice lembra que, “muitas vezes, esquecemos a nossa responsabilidade e fechamos os olhos à exploração destas crianças que não têm direito de brincar, nem de estudar, nem de sonhar. Elas nem sequer têm o calor de uma família”. Cada criança marginalizada, abandonada por sua família, sem escolaridade, sem cuidados médicos, é um grito – lembra o Papa – “um grito que se eleva a Deus e acusa o sistema que nós, adultos, construímos”.

Crianças em vulnerabilidade estão nas intenções de oração do Papa neste mês, Jornal O São Paulo
Bill Wegener

De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef ), cerca de 1 bilhão de crianças em todo o mundo vivem na pobreza multidimensional, ou seja, sem acesso a educação, saúde, moradia, alimentação, saneamento ou água. Além disso, 153 milhões de crianças são órfãs. Também chama a atenção o fato de 450 milhões de crianças viverem em zonas de conflito, conforme informações do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur). 

“Uma criança abandonada é culpa nossa. Não podemos continuar permitindo que se sintam sozinhas e abandonadas; elas precisam receber uma educação e sentir o amor de uma família para saberem que Deus não as esquece”, concluiu o Papa no vídeo.

Crianças em vulnerabilidade estão nas intenções de oração do Papa neste mês, Jornal O São Paulo

Deixe um comentário