Dom Odilo visita Diocese de Cruzeiro do Sul, na Amazônia

Dom Odilo visita Diocese de Cruzeiro do Sul, na Amazônia, Jornal O São Paulo
Maryeli Sousa/Diocese de Cruzeiro do Sul

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, realiza, entre os dias 14 e 21, uma visita fraterna à Diocese de Cruzeiro do Sul, que abrange o interior do Acre e alguns municípios do Amazonas. O Arcebispo de São Paulo foi acolhido pelo Bispo Diocesano, Dom Flávio Giovenale, e visitará algumas comunidades da região conhecida como Amazônia Ocidental. 

Como em anos anteriores, Dom Odilo dedica parte do período de férias para visitar realidades missionárias, especialmente na Amazônia. Em entrevista à rádio Verdes Florestas, da região, o Cardeal explicou que não se trata de uma visita oficial, mas, sim, de caráter informal, porque desejava conhecer esta parte da Amazônia onde a Igreja se faz presente com sua ação evangelizadora. 

“Muitas vezes, ouvimos falar sobre esta região, vemos notícias da imprensa, mas estar em contato com o povo, com os missionários, é muito diferente. Eu gosto de fazer essa experiência, e por isso me propus a vir para o Acre”, afirmou o Arcebispo.

No domingo, 15, pela manhã, Dom Odilo presidiu missa na Paróquia São Francisco de Assis, na cidade de Guajará (AM) e, à noite, celebrou com quase 3 mil pessoas na Catedral de Nossa Senhora da Glória, em Cruzeiro do Sul (AC).  

Dom Flávio destacou que, mesmo não sendo uma visita oficial, a presença de Dom Odilo representa a presença e o olhar da Igreja com seu povo. “Como Igreja Católica, podemos estar longe fisicamente, mas não estamos isolados, somos uma única família. Então, quando nos encontramos, conhecemo-nos e nos abraçamos, isso é muito bom!”, disse.  

Na terça-feira, 17, o Cardeal Scherer visitou as cidades de Mâncio Lima e Rodrigues Alves; na quarta-feira, 18, segue para as cidade de Tarauacá e Jordão, que celebra o Padroeiro, São Sebastião. Na sexta-feira, 20, retorna para Cruzeiro do Sul, e celebra missa em mais duas comunidades: São Sebastião, no Bairro da Cobal; e, no sábado, 21, na comunidade São João Batista, no Bairro da Cohab. Em seguida, retorna a São Paulo. 

DIOCESE 

A Diocese de Cruzeiro do Sul tem sua origem em 22 de maio de 1931 (como Prelazia do Alto Juruá), criada pelo Papa Pio XI, por meio da Bula Munus regendi. Em 25 de junho de 1987, a prelazia se tornou diocese e recebeu o nome atual. 

Essa circunscrição pertence à Província Eclesiástica de Porto Velho (RO), localiza-se ao oeste do estado do Acre, em uma área de 126.633,7 km2, dividida em 12 paróquias, tendo por limites: a Diocese de Alto Solimões (AM), Diocese de Rio Branco (AC) e Prelazia de Lábrea (AM) e Prelazia de Tefé (AM), além da fronteira com o Peru. Segundo dados do Anuário Estatístico da Igreja de 2022, atualmente, a diocese possui 342.500 habitantes, 26 padres e 45 religiosas.  

Deixe um comentário