'Não se pode baratear a Palavra de Jesus nem contradizer aquilo que Ele ensinou'

O Arcebispo de São Paulo também pediu que com a chegada do frio se atentem aos irmãos de rua

'Não se pode baratear a Palavra de Jesus nem contradizer aquilo que Ele ensinou', Jornal O São Paulo
Luciney Martins /O SÃO PAULO

No programa “Encontro com o Pastor”, da terça-feira, 21, na rádio 9 de Julho, o Cardeal Odilo Pedro Scherer falou sobre a luta e renúncia para se chegar ao Paraíso.

O Evangelho do dia é sobre o Sermão da Montanha (Mt 7, 6.12-14), em que Jesus exorta os discípulos a não dar aos cães coisas santas, nem atirar pérolas aos porcos, ou seja, não desperdiçar recursos de evangelização com as pessoas que não estão dispostas, ou então que não estão em condições de acolherem a Boa Nova do Reino de Deus, embora ela deva ser anunciada a todos.

Dom Odilo aponta que Cristo ainda adverte nesse trecho sobre a porta estreita do Paraíso. Palavra esta que traz uma advertência: “O caminho que leva a vida é apertado, não é um caminho de todas as facilidades. Nós queremos, muitas vezes hoje, todas as facilidades: uma religião fácil, vida fácil, uma moral fácil, tudo sem esforço, sem renúncia, sem exercício, à vontade, sem resistência. Isso, porém, não está certo. O que é bom custa. Assim também a virtude e o exercício para se adquirir a virtude”, comentou.

O Cardeal alertou também para religião que só promete facilidades, que não chama à conversão nem à prática dos mandamentos da lei de Deus: “Não se pode baratear a Palavra de Jesus nem contradizer aquilo que Ele ensinou”.

SÃO LUÍS GONZAGA

Dom Odilo também falou sobre São Luís Gonzaga, o Padroeiro da Juventude, cuja memória litúrgica é celebrada em 21 de junho.

De origem nobre, o Santo nasceu na Itália em 1568. Quis ser jesuíta e iniciou o seu noviciado na companhia de Jesus, em Roma. Então quando chegou a peste, sobretudo no norte da Itália, Luís Gonzaga foi ajudar a cuidar dos doentes, também adoeceu e morreu antes de cumprir seu chamado ao sacerdócio.

O Arcebispo de São Paulo pediu a intercessão de São Luís Gonzaga especialmente pela juventude. “Que todos possam encontrar o caminho da sua realização, caminho que seja bom, sadio para eles e para a comunidade e para a humanidade. Os jovens devem viver para poder e contribuir com a sua parte para a construção da cidade, construção da sociedade. Eles têm tanto idealismo, tanta coisa boa para dar e por isso é muito importante que eles não desesperem da vida, procurando queimar as possibilidades. Ainda em tenra idade, que tenham Esperança, paciência e ardor para lutar.”

IRMÃOS DE RUA

Ao recordar que neste dia tem início o inverno, Dom Odilo pediu que os fiéis não se esqueçam dos “irmãos de rua” e mais pobres, que não têm o suficiente para se aquecer e se alimentar.

“De nossa parte, nós devemos fazer o que está ao nosso alcance como cidadãos. Mas sobretudo como irmãos, como pessoas humanas, que olham para outras pessoas humanas e não ficam insensíveis diante do seu sofrimento, das suas privas ações”.

OUÇA A ÍNTEGRA DO PROGRAMA “ENCONTRO COM O PASTOR”

Deixe um comentário