‘Que ao longo da Quaresma, nós possamos rever como está a nossa vida cristã’

Destacou o Arcebispo de São Paulo em seu programa diário na rádio 9 de Julho

‘Que ao longo da Quaresma, nós possamos rever como está a nossa vida cristã’, Jornal O São Paulo
Luciney Martins /O SÃO PAULO

O Cardeal Odilo Pedro Scherer falou sobre a reunião com os novos padres da Arquidiocese durante o programa “Encontro com o Pastor”, da quinta-feira, 10, na rádio 9 de Julho.

Durante a manhã, o Arcebispo de São Paulo esteve com os padres novos na Arquidiocese, aqueles diocesanos ordenados nos últimos oito anos e os de congregações religiosas transferidos de outras regiões e lugares e que trabalharem nas paróquias da Arquidiocese de São Paulo.

“Foi um encontro muito proveitoso, com a participação de cerca de 60 padres interessados em olhar e conhecer a organização da Arquidiocese de São Paulo, do ponto de vista administrativo ou econômico, pastoral, religioso, organizativo. Enfim, do ponto de vista também das questões de documento de Cúria, tudo aquilo que é necessário. Um encontro interessante e com a participação bastante numerosa de padres, que graças a Deus é um bem para a nossa Arquidiocese, para as paróquias dos religiosos, para colaborarem. Para assumirem os encargos pastorais dessas paróquias”, completou.

COMO ESTÁ A ORAÇÃO?

A liturgia da Igreja nessa quinta-feira fala sobre a oração. “Se vocês observam atentamente, a cada dia da Quaresma, nós abordamos algum aspecto da vida cristã. E a liturgia da Igreja faz isso de maneira pedagógica para que ao longo da Quaresma, nós possamos rever como está a nossa vida cristã e possamos nos renovar nas práticas de vida e, sobretudo, ao renovar na fé, na Esperança e Caridade, na nossa decisão a Jesus Cristo decisão a Jesus Cristo e preparar-nos, assim, para celebrar bem a Páscoa, com um coração renovado, com novas disposições para vivermos como bons cristãos e bons católicos”, apontou o Cardeal.

Dessa forma, os fiéis são convidados a olhar para a oração. “Como está a nossa oração? Nós rezamos bem, com fé e confiança em Deus, com humildade? Ou a nossa oração é uma espécie de querer impor a Deus a nossa vontade?”

OUÇA A ÍNTEGRA DO PROGRAMA “ENCONTRO COM O PASTOR”

Deixe um comentário