'Que sempre nos lembremos de São João Batista como um grande profeta'

O Arcebispo de São Paulo explicou por que neste ano, a festa da natividade do Santo é celebrada em 23 de junho e não no dia 24, como de costume

'Que sempre nos lembremos de São João Batista como um grande profeta', Jornal O São Paulo

O Cardeal Odilo Pedro Scherer falou sobre a Solenidade da Natividade de São João Batista, no programa “Encontro com o Pastor”, da quinta-feira, 23, na rádio 9 de Julho

Neste ano, a Igreja celebra a Natividade de São João Batista em 23 de junho e não dia 24 de junho, como de costume, pois em 2022 a sexta-feira da semana seguinte a Corpus Christi, é o dia 24, e nela deve ser celebrada a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, que tem prioridade na liturgia sobre a celebração dos santos.

“O nascimento de São João Batista, precursor de Jesus, foi cercado de sinais extraordinários. Sinais semelhantes aos do nascimento de Jesus, indicando que aquele menino seria alguém muito importante, escolhido por Deus para uma missão muito grande”, comentou Dom Odilo, lembrando também que o anjo Gabriel anunciou a Zacarias o nascimento do filho, assim como fizera a Nossa Senhora a anunciar o nascimento de Cristo

“São João Batista tornou-se um sério homem do deserto, um penitente, um profeta que começou a anunciar ao povo, preparando-o para receber Aquele que deveria vir depois. Jesus, que é ungido de Deus. João Batista, portanto, foi chamado por Deus para ser um precursor. Isto é, aquele que vai à frente, preparando o caminho, vai anunciando ao povo”, apontou.

Dom Odilo chamou a atenção para o fato de que nas festas populares de São João, sempre há uma fogueira para lembrar a luz, que ilumina o caminho daqueles que procuram a Deus. João Batista, portanto, preparou os homens para acolherem Jesus, O Salvador.

“Que nós sempre lembremos dele como de um grande profeta, o homem de Deus, o homem da verdade, que não se dobrou à falsidade, mentira, mas foi aquele que procurou orientar a sua vida nos passos de Deus”, comentou.

Por fim, o Cardeal recomendou aos fiéis que vivam sempre como São João, aproveitando todos os dias, mas ao mesmo tempo se preparando para o grande encontro com o Senhor.

OUÇA A ÍNTEGRA DO PROGRAMA “ENCONTRO COM O PASTOR”

Deixe um comentário