Confira nossa versão impressa

Comissão Vida e Família promove Semana da Vida em sintonia com CF 2020

Comissão Vida e Família promove Semana da Vida em sintonia com CF 2020

“Vida: dom e compromisso”. Assim como a proposta da Campanha da Fraternidade 2020, a Semana Nacional da Vida (SNV) deste ano quer dar destaque ao valor da vida humana, como dom de Deus, e à necessidade de promover o cuidado deste dom desde a concepção até o seu fim natural. De 1º a 7 de outubro, a Igreja no Brasil celebra a Semana Nacional da Vida, culminando com o Dia do Nascituro, no dia 8.

A SNV foi instituída, em 2005, durante a 43ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O Dia do Nascituro é dedicado às crianças que são gestadas nos ventres de suas mães. A data celebra o direito à proteção da vida, à saúde, à alimentação, ao respeito e a um nascimento sadio. O objetivo é suscitar a consciência do sentido e valor da vida humana em todos os seus momentos.

“Neste ano, o tema da Semana Nacional da Vida retoma a Campanha da Fraternidade ‘Vida: dom e compromisso’. Somos convidados a viver, cada dia dessa semana, com disposição interior de levarmos o Evangelho da Vida aos corações que precisam de cuidado e atenção”, motiva o Bispo de Rio Grande (RS) e Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB, Dom Ricardo Hoepers.

Contexto de crises

Para o Bispo, a busca pela superação de uma crise sanitária e social, na atualidade, soma-se a uma crise moral: “O Papa São João Paulo II já apontava uma causa de toda essa crise moral: um ataque desenfreado contra a família, a célula da sociedade, o santuário da vida. A família ‘é o lugar onde a vida, dom de Deus, pode ser convenientemente acolhida e protegida contra os múltiplos ataques que está exposta e pode desenvolver-se segundo as exigências de um crescimento humano autêntico’ (São João Paulo II, Centesimus annus, 39). Com a crise da família, a sociedade toda entra em colapso”.

Mobilizações

A Semana Nacional da Vida é momento de oração, celebração, partilha e sensibilização das comunidades e da sociedade para os valores da vida e da família, destaca dom Ricardo. Em todo o país as dioceses, paróquias e comunidades são motivadas a promoverem atividades voltadas ao debate sobre os cuidados, proteção e a dignidade da vida humana.

“SEJA CRIATIVO, ORGANIZE NA SUA DIOCESE INICIATIVAS QUE AJUDEM AS PESSOAS A SE TORNAREM MAIS PROMOTORAS DA VIDA COM O COMPROMISSO DE QUE A VIDA É DOM DE DEUS E NÓS TEMOS QUE CUIDAR DESSE GRANDE DOM QUE RECEBEMOS, DESDE A CONCEPÇÃO ATÉ O SEU FIM NATURAL”. DOM RICARDO HOEPERS

ViaCNBB

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Missionários Claretianos comemoram 125 anos de presença no Brasil

Uma missa presidida pelo Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, na Paróquia Imaculado Coração de...

Prefeitura pede que no Dia de Finados cerimônias religiosas em cemitérios ocorram em espaços abertos

Em nota divulgada à imprensa na tarde da segunda-feira, 26, a Prefeitura de São Paulo recomendou que...

‘Acolhamos com fé a semente e o fermento do Reino de Deus’

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu a missa desta terça-feira, 27, na capela...

Conheça os novos cardeais do Papa Francisco

Entre eles estão os arcebispos de Washington (EUA) e de Santiago do Chile Três...

Capela São Camilo de Lellis é a presença da Igreja no Hospital do Mandaqui

O templo localizado no hospital da zona Norte de São Paulo é o último retratado na série especial de reportagens do O...

Newsletter