Diálogos de Fé com os internautas

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, realizou no domingo, 26, mais uma transmissão ao vivo (live) em sua página oficial no Facebook. A iniciativa, que tem acontecido há algumas semanas, passou a ser transmitida também pela rádio 9 de Julho (AM 1600 kHz), no programa “Diálogos de Fé”, às 12h30.

Dom Odilo iniciou reforçando a importância de as pessoas respeitarem as orientações das autoridades de saúde, até que o vírus esteja controlado ou haja uma vacina ou remédio eficaz contra a COVID-19.

“Muitos estão com saudade de ir à Igreja e receber a Eucaristia, de se encontrar com o povo e sair de casa. Isso é muito compreensível, pois estamos há mais de um mês retidos em casa, sendo que alguns saem só para aquilo que é mais necessário. Enquanto isso, porém, temos que continuar cuidando da saúde e não antecipar a saída, para que a quarentena tenha seu êxito de conter o contágio, para que fique no menor patamar possível, pois a estrutura de saúde do Brasil está quase no limite.”

COMUNICAÇÃO NA IGREJA

O Arcebispo de São Paulo recordou a importância de todos se manterem unidos nesse período por meio da internet. Ele salientou que as paróquias, comunidades e organizações pastorais devem utilizar cada vez mais esses recursos para a evangelização. “Estamos aprendendo a nos relacionar de forma virtual, o que já vinha sendo pedido havia muito tempo na Igreja. A comunicação não é um instrumento para ser usado apenas por profissionais. O mundo da internet é um ambiente que é uma grande praça, onde todo mundo está e podemos nos falar, nos relacionar e estabelecer contatos para a evangelização.”

DIÁLOGO E COLABORAÇÃO

Dom Odilo disse, também, estar acompanhando a situação política do País. Ele lembrou que a Constituição e as leis são para todos e, por isso, as instituições que são a estrutura sólida do Estado democrático de direito – como os poderes Diálogos de Fé com os internautas Flavio Rogério Lopes osaopaulo@uol.com.br Executivo, Legislativo e Judiciário – e as que representam a sociedade, devem ser firmes e respeitadas. “Respeitando a Constituição e as leis, nós vamos superar isso, pois neste tempo devemos superar também aquela polarização, que coloca o bem contra o mal, dizendo que o bem está todo de um lado e o mal está todo do outro. As ideologias que lutam na base do ódio, uns contra os outros, precisam parar, pois é só com diálogo e colaboração que nós vamos conseguir caminhar e melhorar o Brasil.”

ABERTURA DAS IGREJAS

Como de costume, Dom Odilo respondeu a perguntas diversas dos internautas que estavam acompanhando a live. Uma das questões foi a do Leandro do Santos, que questionou sobre a possibilidade do retorno das missas com a presença do povo, seguindo algumas restrições. “Neste caso, devemos estar atentos ao que as autoridades públicas dizem sobre a aglomeração de pessoas. Depende também dos diálogos locais entre representantes da Igreja e as autoridades. Todos nós desejamos o retorno desse momento de poder acolher o povo nas igrejas, com ou sem restrições. Que as igrejas possam abrir e as celebrações serem feitas, mas isso deve ocorrer apenas quando tivermos superado o risco maior de contágio.”

GRANDES DESAFIOS

Um internauta perguntou quais os maiores desafios do Cardeal, frente à Arquidiocese de São Paulo. Dom Odilo respondeu que um deles é estar presente em todos os lugares, porém sente que não está sozinho: “Deus habita esta cidade, somos suas testemunhas”. “Os desafios são muitos: com cerca de 7 milhões de habitantes, temos mais de 300 paróquias, numerosas comunidades religiosas e instituições da Igreja de todo o tipo: culturais, acadêmicas, de benefícios sociais e pastorais, que requerem acompanhamento. Claro, não estamos sozinhos, temos um grande time, os seis bispos auxiliares, muitos colaboradores, padres, religiosos, religiosas e leigos empenhados de muitas maneiras”, concluiu

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter