Confira nossa versão impressa

Ventiladores mecânicos doados pelo Papa Francisco são entregues no Pará

Ventiladores mecânicos doados pelo Papa Francisco são entregues no Pará

O Santo Padre, o Papa Francisco, por meio da Esmolaria Apostólica, departamento da Santa Sé responsável por doações e caridade, realizou no mês de junho a doação de 35 ventiladores pulmonares para 13 países em contribuição ao combate da pandemia do Covid-19. Quatro desses foram destinados ao Brasil, sendo 3 para o Estado do Pará.

A Arquidiocese de Belém recebeu na tarde de domingo,12, os respirados doados pelo Santo Padre, o Papa Francisco, por meio da Esmolaria Apostólica (departamento da Santa Sé responsável por doações e caridade), para contribuição ao combate da pandemia do Covid-19.

Os respiradores foram trazidos pelo avião da Força Aérea Brasileira – FAB, com intermédio da Arquidiocese Militar do Brasil, que passou em Marabá – PA e deixou um dos respiradores para Diocese do município, que recebido por Dom Vital Corbellini, Bispo Diocesano.

Em Belém-PA foram entregues o da Diocese de Óbidos e o da Arquidiocese de Belém, durante coletiva na Cúria Metropolitana, cedida pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa. No momento Dom Alberto entregou um ao Padre Ângelo Gaio, diretor do Hospital Divina Providência (Marituba), que esteve junto com sua equipe para receber oficialmente o aparelho. O hospital é administrado pela congregação religiosa dos Pobres Servos da Divina Providência, há 22 anos.

O outro respirador mecânico foi recebido pelo sr. Eládio Canto, representante da Diocese de Óbidos, que destinará o instrumento para o Barco Hospital Papa Francisco. O terceiro aparelho ficou na Diocese de Marabá, recebido pelo bispo diocesano Dom Vital Corbellini.

“Foi uma ação caritativa muito bonita do Papa Francisco através da Nunciatura Apostólica para o Hospital de Campanha de Marabá. Nós pedimos que fosse utilizado mais para os povos indígenas, por serem os mais necessitados”, afirmou ao Vatican News o bispo de Marabá, Dom Vital Corbellini.

Em vídeo publicado no site da diocese, Dom Vital falou diante do Hospital de Campanha, explicando que o respirador pulmonar será usado por todas as pessoas que mais precisam, e agradeceu de coração ao Papa Francisco e ao Núncio, fazendo votos que os aparelhos possam ajudar a salvar vidas.

O respirador – um dos quatro enviados pelo Vaticano ao Brasil – e um medidor de temperatura, chegaram a Marabá no domingo e foram entregues pelo bispo diocesano ao coordenador da Unidade de Saúde, em cerimônia especial realizada na manhã de segunda-feira, 13.

Em entrevista ao Jornal Liberal, Dom Corbellini explicou que “o Papa tem no coração estes povos indígenas, porque muitas vezes seus direitos são violados. O governo não está dando muita atenção para estes povos. Há invasão de suas terras, florestas, rios. Então é preciso olhar com carinho estes povos, para que possam viver bem. Então temos este aparelho que pode ajudar a salvar vidas para essas pessoas.”

A Igreja e a Caridade

Desde o início da pandemia o Santo Padre vem promovendo ações para contribuir com os mais necessitados junto ao combate do coronavírus, são realizadas doações de equipamentos e ajudas financeiras para diversas realidades, como hospitais e um fundo de emergência criado por ele para ajudar as nações mais afetadas pela crise sanitária. Dezenas de respiradores foram doados para hospitais na Itália e no Oriente Médio, bem como para outros países que lutam contra esta crise global.

No mês de maio a Arquidiocese de Belém recebeu do Santo Padre uma doação de dez mil reais para auxílio nas atividades de assistências para as famílias mais necessitadas. A ajuda foi investida para atender famílias em situação de vulnerabilidade, idosos, residentes em áreas de periferias, nos limites dos territórios paroquiais, com grande representação de subemprego e até mesmo muitos desempregados, sem nenhuma fonte de renda.

A mesma doação chegou à diocese de Óbidos, que foi revertida para os trabalhos do Barco Hospital; e à Diocese de Marabá, onde a doação foi investida no projeto Santa Dulce dos Pobres.

Com informações: Regional Norte 2 da CNBB

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Com avanços nos testes, CoronaVac pode ser a primeira vacina contra a COVID-19 no Brasil

Conheça os detalhes do imunizante que está sendo desenvolvido pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan e qual será...

Novo cardeal afirma que os escândalos não impedem a reforma do Papa Francisco

Em entrevista a um jornal italiano, Dom Marcello Semeraro ressalta que o processo de reforma da Cúria Romana tem o objetivo ético...

São Paulo prorroga campanha de Multivacinação e Poliomielite até dia 13 de novembro

Com baixa adesão, medida visa a aumentar as coberturas vacinais contra cerca de 20 doenças no território paulista

Esta sexta, 30, é o último dia para realizar matrículas e rematrículas na rede estadual

Processos podem ser realizados de forma online ou presencialmente nas escolas, diretorias de ensino e postos do Poupatempo

Missas em cemitérios no Dia de Finados: confira os locais e horários

Na Comemoração de Todos os Fiéis Defuntos, na segunda-feira, 2, diferentes paróquias da Arquidiocese de São Paulo organizam missas nos cemitérios da...

Newsletter