Confira nossa versão impressa

Doria anuncia flexibilização gradual da quarentena em São Paulo

Plano foi avaliado como “retomada consciente” das atividades

Doria anuncia flexibilização gradual da quarentena em São Paulo
Governo do Estado de São Paulo

O governador João Doria anunciou nesta quarta-feira, 27, o plano de retomada da economia para o estado de São Paulo, que será feito de forma regionalizada, ou seja, vai depender da situação de cada região do estado. A “retomada consciente”, como foi chamada pelo governador, será feita de forma gradual, dividida em cinco fases.

A quarentena no estado, que seria encerrada no domingo, 31, foi prorrogada por mais 15 dias, ou seja, vai perdurar do dia 1º de junho até o dia 15 de junho. Neste período, só funcionam serviços considerados essenciais de áreas de saúde, logística, segurança e alimentação. Mas algumas regiões do estado, a partir do dia 1º de junho, já poderão liberar mais algumas atividades consideradas não essenciais. As cidades da Grande São Paulo, com exceção da capital paulista, da Baixada Santista e da região de Registro ainda estão na fase 1, vermelha, de alerta, e vão manter a quarentena sem liberação das atividades.

Mas a capital paulista, por exemplo, a partir de 1º de junho, se enquadra na fase 2, laranja, de controle, e poderá liberar alguns tipos de atividades que estavam fechadas por não serem consideradas essenciais. Entre essas atividades que poderão ser abertas estão as imobiliárias, concessionárias, shoppings centers e comércio, que terão horário diminuído e flexibilizado.

Na fase 3, amarela, de flexibilização, estão as regiões de Araraquara, Bauru e Presidente Prudente. Nelas, já poderão ser abertas bares, restaurantes e salões de beleza, mas sempre seguindo as recomendações, que preveem distanciamento e aspectos relacionados à higiene.

“Estamos anunciando a retomada consciente a partir do dia primeiro de junho. A partir desse período, por 15 dias, manteremos a quarentena, porém, com uma retomada consciente de algumas atividades econômicas no estado de São Paulo”, disse Doria, durante coletiva de imprensa realizada no início da tarde desta quarta-feira no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

Cada região do estado se enquadra em uma fase. Essas fases foram estabelecidas levando em consideração a ocupação dos leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) e pela redução dos casos de coronavírus. “Ela será possível nas cidades que tiverem redução consistente do número de casos, disponibilidade de leitos em seus hospitais públicos e privados e estiverem obedecendo o distanciamento social nos ambientes públicos, além da disseminação e do uso obrigatório de máscaras”, afirmou Doria.

O estado todo foi dividido em cinco fases. Mas até este momento, nenhuma região atingiu as fases 4 e 5. De acordo com os critérios estabelecidos pelo governo paulista no Plano SP, cada município pode ser enquadrado entre: zona de risco (ocupação de leitos de UTI acima de 80%), zona de controle, de flexibilização, de abertura parcial ou normal controlado. Cada prefeito poderá decidir como serão feitas as aberturas graduais das atividades econômicas. Os critérios para a abertura poderão ser consultados pelo site.

As regiões serão avaliadas periodicamente de acordo com os indicadores de saúde, verificando se cumprem os critérios para avançarem a uma fase de maior relaxamento a cada 14 dias ou voltar para uma fase mais restrita a cada 7 dias.

(Com informações de Agência Brasil)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Seminário Redemptoris Mater São Paulo Apóstolo comemora dez anos de origem

Na última quarta-feira, 16, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo presidiu a missa pelos...

Cresce entre os católicos a prática da Leitura Orante da Bíblia

Nos últimos anos, muitos têm redescoberto uma das práticas mais antigas do Cristianismo, a Lectio Divina, método pelo qual a pessoa vive...

Estação de trem em São Paulo recebe lixo eletrônico

Projeto visa conscientizar sobre descarte correto. Os equipamentos recolhidos serão reciclados e depois serão doados para alunos de escolas públicas

Rede Eclesial Pan-Amazônica tem novo Secretário Executivo

Anúncio foi feito durante coletiva de imprensa on-line, realizada na segunda-feira, 14, em celebração pelos seis anos de criação da entidade

Semana Nacional de Trânsito foca a preservação de vidas

A meta é conscientizar a população sobre a importância da mudança de atitude, ressaltando que cada um é responsável pela segurança de...

Newsletter